ad16
AutoPECASonline24.pt
Geral

Dois lavradores morrem por causa da falta de água no Piauí

Açudes secam no semiárido do Piauí
Açudes secam no semiárido do Piauí – Reprodução

Dois agricultores da região do semiárido morreram por enforcamento depois que perderam toda a safra agrícola por conta da estiagem que devastou a lavoura e está matando o rebanho de mais de 200 dos 224 municípios piauienses. Sem perspectivas, um trabalhador na zona rural de Caracol, Salvador Dias, se suicidou no dia 28 do mês passado. Ele morreu enforcado em casa.

Em Betânia, no povoado Seriema, o criador Francisco José da Paixão, 50 anos, também cometeu suicídio. A família disse que foi por conta da perda do rebanho dele. Segundo o presidente da Federação da Agricultura no Piauí, Carlos Augusto Carneiro, o “Caú”, mais de 550 mil cabeças do rebanho piauiense já morreram em consequência da falta de pasto e de água. Agora, as pessoas estão morrendo por conta da estiagem. Nos dois casos, os trabalhadores estavam deprimidos e sem ter a quem recorrer para a subsistência.

Francisco José chegou a comentar que não aguentava mais ver seus animais morrendo por fome e sede. Ele teria dito que tinha muita pressão, porque não tinha a quem recorrer ou o que fazer para sustentar os animais e a família. O presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Francisco Macedo, prefeito de Bocaina, que também fica na região do semiárido, disse que é a pior seca dos últimos tempos e que tem demorado a chover, assim como tem demorado o atendimento emergencial às famílias afetadas pela estiagem.

Para ele, a situação da seca no Piauí é muito preocupante. Não choveu para se plantar nada. Até os cajueiros, que são resistentes, estão morrendo, lamentou Francisco Macedo. Ele confirmou que houve suicídios de trabalhadores rurais no interior em decorrência da situação de seca e das perdas agrícolas. “Tivemos uma situação inusitada e que nos chocou: foi um trabalhador rural do Sul do Piauí que se suicidou devido à seca. Estamos muito preocupados. Já tivemos informações da prorrogação da seca até 2013 e os reservatórios já estão secos. A situação é calamitosa”, afirmou Francisco Macedo. Com informações do Jornal Diário do Povo

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade