ad16
Geral

Seminário capacita agentes para atuarem na prevenção e combate ao uso de drogas

Consultora da Fundação e Coordenadora do projeto – Marise Corrijo.

A Fundação Milton Campos, realizou com sucesso durante todo o dia de hoje (29), no CTD (Centro de Treinamento Diocesano) o seminário “Drogas Por Quê? Desafios para a Educação” – Etapa Piauí.

O evento que visa capacitar agentes multiplicadores para atuarem na prevenção e combate ao uso de drogas, contou com a presença de cerca de duzentos profissionais entre diretores, coordenadores, professores de escolas públicas e privadas, representantes dos serviços de saúde e assistência social.

Este é um projeto nacional, no estado do Piauí que é o sétimo estado que onde o programa está sendo executado, contemplando quatro cidades:  Teresina, Porto, Batalha e o encerramento da Etapa-Piauí está acontecendo hoje em Picos.

O evento recebeu profissionais da área da educação, saúde e assitência social.

 

As palestras ficaram por conta da Psicóloga Doralice Oliveira, mestranda em Saúde da Família e terapeuta comunitária e Cecília Fallani, também psicóloga e especialista em Terapia Ocupacional e Psicodinâmica.

“Este é um processo multiplicador, a gente sempre reforça que esse profissional que está aqui, a única coisa que é dele é o certificado, porque o conhecimento e o material didático ele tem que multiplicar para suas bases”, afirmou a Consultora da Fundação e Coordenadora do projeto Marise Corrijo.

Participantes do evento também deram sua opinião:

“Há a perspectiva de estar expandindo o conhecimento sobre a prevenção das drogas e passar isso para nossos professores para que eles possam estar trabalhando isso em sala de aula, fazendo com que os nossos alunos tenham uma consciência sobre os riscos do uso de drogas.

Este seminário pode proporcionar uma mudança dentro de toda comunidade envolvida, juntamente com as escolas e todos os seguimentos da sociedade”, comentou Valdercleide  Geraldo da Silva, diretor da Escola Álvaro  Rodrigues da cidade de Itainópolis.

“Estou aqui aprendendo e expandindo conhecimento, a instituição que eu faço parte já trabalha diretamente com usuários de drogas e ex-usuários, meu objetivo é  repassar para eles o que aprendi hoje”, finalizou Soniely Serafim de Lima, assistente Social do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) em Picos.

As paletras ocorreram com dinâmicas e discussões na temática da prevenção às drogas
Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também