ad16
PolíciaTodas as NotíciasVila Nova

Dupla é presa suspeita de participação em assalto a loja de açaí em Vila Nova do Piauí

Policiais Civis da 13ª Delegacia Regional de Jaicós cumpriram dois mandados de prisão contra dois homens suspeitos de participação no assalto a loja ‘Ponto do Açaí’ na cidade de Vila Nova do Piauí. O crime ocorreu em 20 de agosto de 2017, por volta das 23h30. Na ocasião, segundo relatou o delegado Miguel Carneiro, foram levados uma quantia em dinheiro no valor de 200 reais, e três aparelhos celulares.

Os suspeitos foram identificados por Jonis Welson de Sousa e Leonardo Sousa de Lima. O delegado relatou que Jonis já se encontrava preso na Penitenciária José de Deus Barros, em Picos, e no dia 08 de março foi comunicado do cumprimento do mandado de prisão expedido pela Justiça da Comarca de Padre Marcos.

Suspeitos foram identificados por Jonis Welson de Sousa e Leonardo Sousa de Lima.
Suspeitos foram identificados por Jonis Welson de Sousa e Leonardo Sousa de Lima.

No dia seguinte, 09 de março, o segundo suspeito, Leonardo, foi preso em Brasília, em uma ação conjunta das Polícias Civis do Piauí e do Distrito Federal, sendo encaminhado para o Complexo Penitenciário da Papuda, onde aguarda o recambiamento para Padre Marcos.

“O roubo aconteceu em agosto de 2017, e desde então a polícia não parou as investigações. Estamos analisando com cuidado a real participação do Jonis Welson. Há indícios de que ele não tenha participação direta no roubo. Mas, com relação ao Leonardo, os indícios são mais fortes e evidentes. Inclusive, o que facilitou a captura foi uma tatuagem na perna e a jaqueta preta que ele utilizou no roubo. Mas a polícia continua na investigação para vislumbrar eventuais outros participantes neste crime”, disse o delegado Carneiro.

Ao falar sobre as recentes prisões, o delegado Miguel comentou sobre o aumento da criminalidade no município de Vila Nova do Piauí. “Vila Nova tem demonstrado uma cidade violenta. Antes era Campo Grande e Patos, mas, ultimamente, tem sido Vila Nova. E por conta disso, nós vamos voltar as nossas atenções para o município. Estamos investigando todos os casos registrados, inclusive, um caso de homicídio ocorrido em 2017, que está quase que elucidado”, pontuou.

CidadesnaNet

LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também