ad16
AutoPECASonline24.pt
Educação

Educação de Jovens e Adultos deve atender 45 mil pessoas no Piauí

[ad#336×280]No intuito de garantir à população educação básica, inclusão social e a inserção no mercado de trabalho, por todo Piauí espalham-se programas voltados à Educação de Jovens e Adultos (EJA). Apenas através dos programas Brasil Alfabetizado e Mais Viver, aproximadamente, 45 mil jovens e adultos piauienses serão alfabetizados em 2014.

Gerido pela Secretaria de Educação e Cultura do Piauí (Seduc), o programa Mais Viver funciona em 29 municípios e atende cerca de seis mil alunos. O Governo do Estado investe, anualmente, cerca de R$1,5 milhão para a manutenção do programa. No caso do Brasil Alfabetizado, a Seduc atua em parceria com o Governo Federal e atende 39 mil alunos, em 200 municípios piauienses.

A meta dos programas é assegurar melhor qualidade de vida através da educação. Para dar continuidade ao ensino, o programa Direito de Aprender Mais abre vagas para 3 mil alunos egressos dos programas de alfabetização. Serão 150 turmas distribuídas por todo o Estado.

Secretário Átila e os campeões de Handebol do Caic Balduíno, da Vila Bandeirantes, em Teresina
Secretário Átila e os campeões de Handebol do Caic Balduíno, da Vila Bandeirantes, em Teresina

“Temos buscado garantir o direito a escolarização, com a preocupação de capacitar os jovens e adultos atendidos pelos programas. Percebemos que através da qualificação, as pessoas têm ampliado seus sonhos e já buscam um melhor emprego ou ensino superior”, relata a diretora da Unidade de Educação de Jovens e Adultos.

Entre os programas de qualificação profissional se destacam o Projovem Urbano, que atende cerca de nove mil pessoas de 18 a 29 anos oferecendo ensino fundamental com qualificação profissional, em que cada aluno recebe uma bolsa no valor de R$100, além do Projovem Campo, que funciona integrado ao projeto Caminhando para o Futuro.

Além disso, o EJA também funciona de forma semipresencial, através dos Centros e Núcleos de Educação de Jovens e Adultos (Ceja/Neja), que atuam na garantia de Ensino Fundamental e Médio em todo o Piauí. Na última turma, 12 mil alunos foram beneficiados com o programa.

Parcerias

A Unidade de Educação de Jovens e Adultos também atua em parceria com outros órgãos. Junto à Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc), são ofertados ensino regular e cursos profissionalizantes aos menores infratores do Centro de Educação Masculino (CEM). Os internos da Fazenda da Paz também recebem educação através dos programas.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade