ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesEducaçãoGeralTodas as Notícias

Educação: Estado antecipa pagamento de retroativo para dia 10 de março

[ad#336×280]O secretário estadual de Administração, Franzé Silva, anunciou no Notícia da Manhã desta quarta-feira (4) que o Governo do Estado antecipará para o dia 10 de março o pagamento do retroativo referente ao salário dos professores da rede pública de ensino, cujo piso foi reajustado em 13% na terça-feira (3).

“Nós acertamos com entidades que logo após aprovação retroagiria a janeiro. Seria pago no dia 13. Fizemos toda uma programação. Mas ontem, no final da tarde, o governador estava em Brasília e teve informações a respeito das nossas receitas. A segurança que a gente não teria tanta queda de receitas fez com que o governador (Wellington Dias) autorizasse para que no dia 10 de manhã estivesse nas contas dos professores tanto o mês de janeiro como o de fevereiro”, informou o secretário.

secretário estadual de Administração, Franzé Silva
secretário estadual de Administração, Franzé Silva

De acordo com Franzé Silva, com o reajuste de 13% aprovado pela Assembleia Legislativa na terça-feira, o impacto nas finanças do Governo do Estado será de R$ 10 milhões por mês – o piso da categoria foi elevado para R$ 2.200. “Nesse caso específico (janeiro e fevereiro), vai impactar R$ 20 milhões”, acrescentou.

Apesar de garantir o pagamento do salário reajustado dos professores da rede pública estadual, Franzé Silva afirmou que o Governo do Estado ainda passa por dificuldades financeiras. “O governo ainda está em crise financeira. Em dois meses não se tira uma situação de calamidade pública em que as finanças se encontravam. O que existe de concreto é um trabalho articulado em todas as áreas de contenção de custos e um trabalho muito efetivo da Secretaria da Fazenda no sentido de incrementar receitas. O que nós estamos fazendo – e isso não vai perdurar somente por dois meses – é um ajuste fiscal. Vai durar todo o ano de 2015. Precisamos recuperar nossas finanças e estabelecer um processo de crescimento. É isso que todo o Piauí espera desse governo e é nessa perspectiva que o governador tem comandado sua equipe”, argumentou.

Outros reajustes

Franzé Silva também falou sobre a possibilidade de conceder o reajuste a outras categorias. “Temos parados questões de enquadramentos e os próximos reajustes já engatilhados. O que nos preocupa hoje é dar segurança aos servidores. O que foi feito no passado foram concessões de benefícios sem se fazer a projeção do impacto disso dentro das finanças do Estado. Viramos o ano de 2014 na perspectiva de atraso salarial. O governo anterior esticou a tabela de pagamento. Esse elastecimento da folha gera um indício da situação calamitosa que as finanças do Estado estavam. O que poderia acontecer? Atraso salarial. Impacta não só na vida do servidor, mas na vida da economia do Estado. Depois que estivermos segurança, todos os enquadramentos e benefícios que estão projetados serão cumpridos pelo governador”, finalizou.

Cidade Verde

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade