ad16
GeralTodas as Notícias

Eletrobras perde R$ 320 milhões com inadimplência e furtos de energia

A inadimplência e as perdas de energia, principalmente aquelas relacionadas às ligações irregulares, são consideradas pelo novo presidente da Eletrobras, Marcelino da Cunha, os maiores problemas da Distribuidora no Piauí. O prejuízo seria de aproximadamente R$ 320 milhões.

Marcelo da Cunha, novo presidente da Eletrobras - Foto: Reprodução/ O Dia
Marcelo da Cunha, novo presidente da Eletrobras – Foto: Reprodução/ O Dia

Segundo Marcelino da Cunha, apenas 38% dos consumidores, ou seja, cerca de 570 mil pessoas pagam em dia suas contas de luz, enquanto 930 mil ficam devendo. “Em média R$ 200 milhões, que a empresa costuma se planejar para receber, fica circulando entre os consumidores”, disse Marcelino.

Mas, na opinião do novo presidente, o pior são as perdas de energia. “Aproximadamente 30% do que produzimos é perdido. Desses, 18% é por conta de ligações irregulares. O prejuízo é de R$ 120 milhões ao ano”, disse o presidente.

Ao todo, a Eletrobras Distribuição Piauí possui 1 milhão e 500 mil usuários do serviço de energia elétrica e tem faturamento anual acima de R$ 1 bilhão.

FONTE: Portal O Dia

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade