ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Eletrobras Piauí: furtos de energia causam rombo de R$ 120 milhões

Com o objetivo de dar mais celeridade aos inquéritos policiais instaurados para investigar a pratica de furto e fraude de energia elétrica, a Presidência da Eletrobras Distribuição Piauí encaminhou ofício solicitando o auxílio da Procuradoria Geral do Ministério Público do Estado (MPE).

Marcelino Machado: o furto vem aumentando a cada ano - Foto: Jailson Soares/O Dia
Marcelino Machado: o furto vem aumentando a cada ano – Foto: Jailson Soares/O Dia

A concessionária de energia elétrica defende que esse tipo de crime seja punido com mais rigor e que em todas as constatações de furto e fraude de energia, o Boletim de Ocorrência Policial seja registrado de forma imediata para que seja instaurado o inquérito policial.

O presidente da empresa, Marcelino Machado Neto, explica que as perdas de energia decorrentes de furto vêm causando um prejuízo de mais R$ 120 milhões por ano aos cofres da empresa, o que se reflete na qualidade do serviço prestado. “Vale ressaltar que essa prática delitiva vem crescendo nos últimos anos, provocando sérios problemas aos cofres da empresa e risco à sociedade”, declarou.

A Polícia Civil do Estado já celebrou um convênio com a Eletrobras para intensificar a repressão a esse tipo de delito. O resultado é que vários processos já foram concluídos e encaminhados para o Ministério Público do Piauí. A concessionária quer agora que o MPE encaminhe as denúncias para a justiça. Caso haja condenação, os autores do furto de energia poderão ser condenados de um a quatro anos de detenção, além de pagamento de multa.

FONTE: Jornal O Dia

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade