ad16
Geral

Eletrobras tem perdas de R$120 milhões por ano com desvios

Segundo os dados da empresa, as perdas chegam a 30% do que é produzido pela concessionária, sendo que 13% são perdas técnicas do setor e o restante 10% de desvio e 7% perdas administrativas (como erros na medição).

Os números são considerados bastante elevados, apesar de não ser uma exclusividade da concessionária de energia no Piauí. A Celpa, no Pará, por exemplo, contabiliza perdas de 32% e a Amazona de 39%. Os prejuízos com as perdas, entretanto, não são sentidas apenas pela empresa, mas, sobretudo pelos usuários, que amargam um serviço que poderia ser melhor.

Além de dar prejuízo à Eletrobras, os “gatos” podem causar curtos circuitos nas redes elétricas - Foto: Elias Fontenele/O Dia
Além de dar prejuízo à Eletrobras, os “gatos” podem causar curtos circuitos nas redes elétricas – Foto: Elias Fontenele/O Dia

O gerente do Departamento de Medição e Fiscalização da Eletrobras Piauí, Rennan Carvalho, comenta que as perdas são ruins não só para a empresa. “A partir do momento que temos essas perdas, temos menos investimentos no setor. Isso sem falar que o Estado também deixa de arrecadar 25% do ICMS que seria gerado, o que aproxima dos R$30 milhões, que poderia ser revertido em outros serviços para a população”, pontuou.

A empresa garante que vem adotando mecanismos para reduzir as perdas, sobretudo intensificando as inspeções e fiscalizações no sentido de coibir eventuais fraudes e desvios de energia. Além dos prejuízos, os “gatos” também são perigosos e podem causar curtos circuitos.

Ao todo, são 120 equipes trabalhando no combate a perdas, que inclui desvio de energia e fraudes nos medidores. Dessas equipes, 70 estão em Teresina. “Em 2013 fizemos 88 mil inspeções, para este ano, nossa meta é dobrar, chegando a 160 mil inspeções”, adianta.

Fonte: Portal O Dia

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade