ad16
DestaquesEducaçãoTodas as Notícias

Em Picos, alunos deixam de assistir aulas por falta de professores

No município de Picos, uma realidade que tem sido encontrada nas escolas da rede estadual é a falta de professores. O problema acabou comprometendo o primeiro semestre letivo, onde disciplinas deixaram de ser ofertadas aos alunos.

Com o objetivo de suprir esta necessidade, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) vai convocar na próxima semana cerca de 100 professores concursados para ingressarem em sala de aula no interior do Estado. As vagas são resultantes de docentes aprovados, mas que não assumiram a função na última convocação, em fevereiro deste ano.

A gerente regional de Educação, Bernadete Carvalho, confirmou que os 100 professores concursados, e recém convocados pela Seduc, devem ser lotados no município de Picos e demais cidades que compõem a 9ª GRE. ” Uma parte deste número será lotado aqui, mas ainda não temos o número exato, pois ainda está sendo feito um levantamento que mostra a nossa carência. Sabemos que não vai suprir toda a demanda, pois os 100 professores serão lotados em todo o Piauí, mas vai diminuir parte das nossas carências”, afirmou a gerente.

Gerente Regional de Educação, Bernadete Carvalho
Gerente Regional de Educação, Bernadete Carvalho

Bernadete Carvalho explica ainda  que recentemente cinco professores passaram a compor o quadro efetivo de docentes nas escolas estaduais da região, dois destes professores de Matemática, uma das grandes necessidades que a 9ª GRE enfrenta com a falta de professores para lecionar a respectiva disciplina. Destes professores, um foi lotado no município de São Luís do Piauí.

O diretor da escola Marcos Parente, Jeferson Sousa, disse que na instituição escolar ainda faltam professores de Inglês e Espanhol para a modalidade da Educação Integral, e que por conta disto durante a semana não se tem aulas destas disciplinas.  No turno da noite a carência é ainda maior, faltam professores de Química, Física e Educação Física. “Uma vez na semana na terça-feira, a nossa escola não tem aula por falta de professores”, enfatizou o diretor.

11667195_791975347584125_1540613619_n

A expectativa é que no segundo semestre as aulas sejam iniciadas com todo o corpo de docentes completo, evitando que alguma disciplina não seja ofertada por falta de professores.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade