ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesPolíticaTodas as Notícias

Empresários apostam que Padre Walmir seria melhor que Kléber na Prefeitura

Pesquisa de marketing realizada pela Carreira Vitoriosa revela que apenas 18,6% da classe empresarial de Picos não acredita na eleição do prefeito Kléber Eulálio para conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Piauí, prevista para esta terça-feira, dia 19, na Assembleia Legislativa, em Teresina. A pesquisa ouviu até o momento 199 empresários, desde a micro à grande empresa, instalados em todas as regiões de Picos. Os dados são preliminares, pois o levantamento pretende ouvir pelo menos 400 empresários.

Segundo o idealizador da pesquisa, o profissional de marketing Wedson Bezerra Pereira, a divulgação de dados parciais deve-se principalmente à antecipação das eleições no TCE, prevista anteriormente para o dia 25 de maio, e antecipada para esta terça-feira, dia 19. A pesquisa, na verdade, tem como objetivo principal levantar a realidade das empresas de Picos com relação a contratações de colaboradores nos próximos meses, bem como investigar a necessidade ou não de capacitação de gestores e funcionários.

Kleber Eulálio e Padre Walmir-Foto: Genilson Rodrigues
Kleber Eulálio e Padre Walmir-Foto: Genilson Rodrigues

NÚMEROS DA PESQUISA

40% dos entrevistados acreditam que o prefeito de Picos será eleito para o TCE nesta terça-feira, e que o vice-prefeito Padre Walmir irá assumir o comando da Prefeitura até o final de 2016. 28,6% dos entrevistados apostam que o futuro prefeito será melhor que Kléber à frente da Prefeitura, principalmente pelo fato do mesmo pertencer ao PT (Partido dos Trabalhadores), mesmo partido da presidenta Dilma e do governador Wellington Dias. Entretanto, 11,1% dos entrevistados vêem com descrédito o governo petista em Picos. Já 41,7% dos entrevistados ou não quiseram ou não souberam opinar sobre essa questão.

AJUSTE FISCAL

29,6% dos empresários entrevistados acreditam que é possível vencer a crise econômica enfrentada pelo Brasil, e por conseguinte pretendem fazer novos investimentos nos próximos meses. Somente 15,5% não acredita que seja possível vencer a crise, e pensa seriamente em reduzir investimentos. Diante das incertezas patrocinadas pelos governantes e ainda pelo mercado, 25,1% dos entrevistados não pretendem por enquanto nem reduzir nem fazer novos investimentos, preferindo aguardar mais um pouco para se decidirem. 30,2% preferiram não opinar.

FICHA TÉCNICA

Até o momento dessa totalização parcial, foram pesquisados 199 empresários. O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 5% pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados da pesquisa.

Fonte: Ascom/Carreira Vitoriosa

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade