ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
DestaquesEconomiaGeral

Empresários se reúnem para discutir criação do porto seco em Picos

Empresários picoenses ficaram satisfeitos com o projetó-Foto:Romário Mendes

Aconteceu na noite desta sexta-feira (03), no auditório do SEBRAE, uma reunião com empresários picoenses para discutir sobre a criação do Porto Seco em Picos. Na reunião foi feita uma explanação sobre o que é o Porto Seco, os serviços que ele presta e também a viabilidade econômica que ele traz para o município e pra toda a região.

O porto seco em Picos tem como objetivo nacionalizar produtos importados e internacionalizar produtos locais, devendo estes serem escoados por via ferroviária ou rodoviária ao seu destino final. Com a construção do porto, além da redução dos encargos envolvendo os produtos, as mercadorias também devem chegar com até 90 dias de antecedência, pois deixará de enfrentar as filas e a burocracia de outros portos.

“O Porto seco em Picos vai melhorar bastante economicamente para cidade. Os empresários só têm a ganhar com esse projeto”, diz Warton Santos, secretário de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico.

Segundo Lucile Moura superintendente de Projetos da Secretaria de Governo, Picos está disponível para receber o porto seco pela localização estratégica, cuja cidade possui o segundo maior entroncamento rodoviário do nordeste, além da produção de produtos como mel, cera de carnaúba e caju. “Para um porto ter uma viabilidade econômica precisa ter chegada e saída de mercadorias e Picos está bem localizada geograficamente, e é mais do que nunca um local ideal para ter um porto seco”, frisou.

O evento contou com a presença do Prefeito de Picos Gil Marques de Medeiros-Foto:Romário Mendes

 

Embora os empresários picoenses não tenham comparecido em maior número no evento. A categoria ficou satisfeita com o projeto e espera que o porto seja construído o mais rápido possível. Segundo Cláudio Galego, presidente da CDL de Picos na área lojista irá contribuir bastante, uma vez que com o posto, empregos serão gerados, na qual  as venda do comercio irão aumentar. “Tudo que movimenta a cidade reflete em cima do comercio lojista, então para nós será excelente” conta.

O posto deve ser inaugurado em outubro de 2013-Foto:Romário Mendes

Com a chegada do porto seco as produções de mel e caju irão melhorar bastante, principalmente na exportação.  Segundo Sitonho Dantas, presidente da Casa Apis com o porto mais próximo irá diminuir muitos os gastos. “Para nós exportadores irá facilitar bastante, principalmente com a diminuição de gastos”, disse.

Para o presidente da Cocajupi Jocibel Belchior economicamente o porto em Picos irá representar muito para a área do caju, na qual irá baixar os custos e facilitará a exportação do produto. “Pagamos um frete caro para transportar o caju, então com o porto aqui irá baixar os custos e ajudará o produtor, além de aumentar a exportação do caju para outros países”, comemorou.

O evento contou com a presença do Prefeito Municipal de Picos Gil Marques de Medeiros e empresários da cidade de Picos

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade