ad16
EconomiaGeralTodas as Notícias

Equipe da Sedet acompanha instalações do Redex em Picos

As instalações do Recinto Especial para Despacho Aduaneiro de Exportação (Redex) de Picos recebeu, nesse fim de semana, a visita do representante da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico do Piauí, Ted Wilson, e da diretora administrativa da Companhia de Terminais Alfandegários do Piauí, Michely Menezes. O encontro contou com a presença do presidente da Casa Ápis, Antônio Leopoldino, conhecido na região como Sitonho Filho. Na oportunidade, acompanharam o andamento da obra e analisaram os próximos passos que serão dados nesta iniciativa que promete movimentar o setor, otimizando a exportação e importação de produtos.

Vista de Picos do morro do Aerolândia
Vista de Picos do morro do Aerolândia

O espaço é uma opção para o desembaraço de mercadorias em áreas localizadas em zonas secundárias e não-alfandegadas. De acordo com a diretora administrativa da Companhia de Terminais Alfandegários do Piauí, Michely Menezes, a obra vai mudar a realidade de Picos e regiões vizinhas, gerando empregos diretos e indiretos. “Com o Redex dobraremos o nosso processo de exportação, junto a isso, o Piauí ficará com o recolhimento significativo das taxas aduaneiras”, avalia a diretora.

Segundo o presidente da Casa Ápis, Sitonho Filho, com a chegada do Redex a exportação do mel, por exemplo, será ainda mais fortalecida. “O Piauí atualmente é o segundo maior exportador de mel no Brasil, sendo que o primeiro é a Santa Catarina. Certamente, a implantação do Redex trará uma realidade melhor para o nosso estado”, destaca o presidente. 

 

Fonte: Ccom

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também