EconomiaGeralTodas as Notícias

Equipe da Sedet acompanha instalações do Redex em Picos

As instalações do Recinto Especial para Despacho Aduaneiro de Exportação (Redex) de Picos recebeu, nesse fim de semana, a visita do representante da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico do Piauí, Ted Wilson, e da diretora administrativa da Companhia de Terminais Alfandegários do Piauí, Michely Menezes. O encontro contou com a presença do presidente da Casa Ápis, Antônio Leopoldino, conhecido na região como Sitonho Filho. Na oportunidade, acompanharam o andamento da obra e analisaram os próximos passos que serão dados nesta iniciativa que promete movimentar o setor, otimizando a exportação e importação de produtos.

Vista de Picos do morro do Aerolândia
Vista de Picos do morro do Aerolândia

O espaço é uma opção para o desembaraço de mercadorias em áreas localizadas em zonas secundárias e não-alfandegadas. De acordo com a diretora administrativa da Companhia de Terminais Alfandegários do Piauí, Michely Menezes, a obra vai mudar a realidade de Picos e regiões vizinhas, gerando empregos diretos e indiretos. “Com o Redex dobraremos o nosso processo de exportação, junto a isso, o Piauí ficará com o recolhimento significativo das taxas aduaneiras”, avalia a diretora.

Segundo o presidente da Casa Ápis, Sitonho Filho, com a chegada do Redex a exportação do mel, por exemplo, será ainda mais fortalecida. “O Piauí atualmente é o segundo maior exportador de mel no Brasil, sendo que o primeiro é a Santa Catarina. Certamente, a implantação do Redex trará uma realidade melhor para o nosso estado”, destaca o presidente. 

 

Fonte: Ccom

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também