ad16
EducaçãoGeral

Escola Dom Paulo Libório é reinaugurada

Escola Municipal
Reinauguração de Escola Municipal de Picos. Foto: Ascom

Próxima ao Vale da Águia no Povoado Cristovinho com uma beleza exuberante, a escola municipal Dom Paulo Libório construída a mais de 40 anos e que nunca tinha passado por uma grande reforma estrutural, agora se tornou uma das mais belas e aconchegantes da rede municipal de ensino de Picos.

Desde que assumiu a secretaria municipal de educação de Picos, a secretária Luísa Rodrigues tinha como meta reformar e ampliar o maior número de escolas da rede, e a escola Dom Paulo Libório era um dos projetos que foi concluído dentro do prazo estabelecido pela gestora.

Segundo a secretária, logo que assumiu o vereador Irmão Zé Luiz (PSB) procurou para tratar da atual situação do prédio, onde as condições eram péssimas para o funcionamento, e precisava de uma reforma completa.

O prédio antigo tinha calçadas altas, sem muro e totalmente ao aberto inclusive a parte de cantina e banheiro, sem acessibilidade para pessoas que tivessem qualquer tipo de necessidade especial, seja aluno ou até mesmo pessoas da própria comunidade, e com a reforma foi resolvido também esse problema.

Durante a reinauguração da escola estiveram presentes a deputada estadual Belê (PSB), o juiz eleitoral do TRE advogado Agrimar Rodrigues de Araújo, os vereadores, Rinaldinho, Irmão Zé Luiz, e Titico Barbosa, a secretária de saúde de Picos, Ildegardes Medeiros (Maninha), o prefeito Gil Marques de Medeiros que compareceu antes para ver a obra concluída, além de alunos, pais de alunos e a comunidade em geral de Cristovinho.

Para a deputada Belê, a reforma da escola significa uma nova visão da administração do prefeito Gil Paraibano. “Logo que assumiu como prefeito em seu primeiro mandato, o nosso prefeito já tinha um olhar voltado para a educação e a reconstrução desse prédio é uma certeza do compromisso dele com o povo de Picos”, frisou ela.

Para o vereador Irmão Zé Luiz a escola que foi entregue a comunidade completamente reformada, onde conta hoje com dois banheiros, um laboratório de informática, salas ampliadas funcionando o ensino infantil, o ensino fundamental menor do 1º ao 5º Ano, além de 03 turmas do EJA a noite, não é um prédio só dos alunos, mais também de toda a comunidade. “Essa obra que está sendo entregue agora pertence à comunidade de Cristovinho, por que foi feita exatamente para atender as necessidades desse povo e localidades vizinhas”, disse ele.

Ascom

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade