ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Escolas privadas seguem protocolo do Estado para prevenir contágio da Covid-19

Entre as regras de higienização, estão o uso de tapetes sanitizantes, álcool em gel e distanciamento de pelo menos 1m.

As aulas de forma híbrida iniciaram em Picos no início de fevereiro e os colégios privados vem tentando evitar a propagação do vírus para manter as aulas presenciais após quase um ano de ensino remoto. Essa forma híbrida só é permitida, caso as escolas sigam as regras estabelecidas pelo Estado do Piauí.

Francisco Machado, diretor do Colégio Machado de Assis, disse que desde o começo das aulas procurou preservar os seus alunos e colaboradores, visando sempre a saúde e bem-estar do seu colegiado. “Temos tapetes sanitizantes na entrada, álcool em gel para higienização das mãos, pias com água e lixeiras com pedal ao lado das pias”, disse ele quando relatou algumas das formas de prevenção.

Francisco Machado, diretor do Colégio Machado de Assis – Foto: João Pedro Nunes

Além destas medidas, no Colégio Machado, foi implantado apenas o sistema híbrido para que houvesse a diminuição do fluxo de alunos tanto nas salas, como no prédio escolar. “O rodízio determina que dentro da sala de aula tem que haver um espaçamento de 1m dentro da sala de aula e por termos salas de aula com o tamanho diferente, temos quantidades de alunos diferentes por sala”, explicou.

O diretor também explicou como funciona o protocolo caso algum colaborador seja infectado, ele será afastado por 14 dias e será feito o monitoramento para saber o estado de saúde, bem como se transmitiu para mais alguém. No caso de alunos, não só ele é afastado, mas toda a turma e as aulas presenciais ficarão suspensas por 14 dias.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade