ad16
DestaquesGeral

Estudante picoense tem conto publicado em livro nacional

Escrever sempre foi a sua paixão, e num é que esse prazer lhe levou a publicar um conto em um livro de respaldo nacional! Esta foi a última conquista do acadêmico de Letras da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Campus de Picos, Patrick Sousa. O acadêmico e mais outro escritor são os únicos representantes do Piauí que possuem obras presentes na coletânea Pontos de Criação.

Exibindo Patrick Sousa fará o lançamento da Coletânea durante dois eventos literários em Picos.JPG
Patrick Sousa – Foto: Paula Monize

A coletânea Pontos de Criação reúne contos de vários gêneros que despertam para a crítica social. O Conto é uma obra de ficção que cria um universo de seres, de fantasia ou acontecimentos.

Escrito pelo estudante picoense, o conto intitulado “Meu primeiro Beijo”, é um romance homo afetivo com pitadas de tragédia, um dos poucos que trabalham a discussão das comunidades de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transgêneros e Transexuais (LGBT).

De acordo com Patrick Sousa a escolha da temática foi devido a escassez de literaturas relacionadas ao tema.

 “Eu sinto uma necessidade de publicações deste gênero porque nossa literatura é muito pobre. Eu sou muito curioso, então bisbilhotando na internet vi o edital da editora, me interessei, entrei em contato e eles me retornaram. Enviei o texto, teve o crivo da banca e eles aprovaram”, explicou o acadêmico.

O acadêmico de Letras ainda comentou que a experiência de escrever um conto e ser aprovado por uma editora de renome internacional traz uma sensação indescritível. Segundo ele, este foi o apenas primeiro passo para escrever outras obras.

A coletânea de contos Pontos de Criação terá lançamento em Picos, no Salão do Livro do Vale do Guaribas que acontece durante esta semana, e num evento acadêmico do Curso de Letras da Uespi de Picos – “Diálogo e reflexão através das Letras, Linguística, Literatura e Ensino”.

 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade