ad16
DestaquesEducaçãoTodas as Notícias

Estudantes de Picos tentam vaga no curso de Medicina em Feira de Santana

A distância de Picos para Feira de Santana é de 810 quilômetros.

Alunos de várias localidades da Bahia e de outros estado estão em Feira de Santana prestando vestibular para ingressar na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). A universidade pela última vez está utilizando o sistema de provas tradicionais e esse é um dos maiores atrativos para quem busca cursar o ensino superior. No próximo ano, a Uefs vai adotar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para a seleção dos alunos.

A reportagem do Acorda Cidade encontrou um grupo de estudantes da cidade de Picos, no Piauí que veio à Feira de Santana com o objetivo de prestar o vestibular. A maioria optou pelo curso de medicina, um dos mais concorridos, e estava bastante confiante.

O estudante Héricles Brito Barros, de 18 anos, contou que mesmo sabendo que o vestibular da Uefs é bastante concorrido e tem poucas vagas para o curso de medicina, ele estava bem preparado para disputar uma das vagas. Segundo o estudante, a prova da universidade tem um estilo parecido com a do Enem e ele já vem estudando há um bom tempo. Além disso, o vestibular da forma tradicional é mais uma oportunidade para tentar passar no tão sonhado curso.

“Estou pela primeira vez em Feira de Santana para tentar uma vaga nesse universidade que é tão conceituada. Gostei muito do primeiro dia de prova”, disse.  Héricles relatou também que a despesa para vir à Feira de Santana, entre hospedagem, passagem e alimentação custou em média R$ 900.

“A maior dificuldade para fazer a prova é a distância. Contamos com a ajuda dos nossos pais e dos professores, deixamos as dificuldades de lado para realizar esse sonho”, enfatizou.

O professor de física Pedro Luz, um dos responsáveis por trazer a caravana de alunos de Picos (PI) para fazer o vestibular da Uefs afirmou que o fato de a universidade oferecer o vestibular tradicioanal traz mais chances para os alunos ingressarem no curso de medicina. Ele lamentou que as provas no próximo ano não serão mais realizadas e serão adotadas as notas do Enem. A cidade de Picos oferece o curso e a seleção dos candidatos também é feita pelo Enem.

“Para nós é um prazer imenso trazer os alunos para Feira de Santana. Em Picos o sistema é via Enem e em Feira, assim como outras cidades da Bahia, como Jequié e Salvador, ainda há o método tradicional. Com a meta do Governo Federal e do Ministério da Educação (MEC) que toda forma de entrada nas universidades seja via Enem, vai ficando mais difícil, principalmente o curso de medicina. Se todas as universidades aderirem o Enem, será uma porta fechada para o vestibular tradicional e nós sabemos que o Enem é um vestibular diferente, muitos alunos não gostam e a gente sente muito que Feira de Santana tenha decidido inão ter mais as provas”, ressaltou.

O professor frisou que o objetivo da caravana é ajudar os alunos a prestarem o vestibular de forma que tenham o menor custo possível. O grupo estava sendo acompanhado por três professores e segundo ele, não há nenhum ganho financeiro dele e dos colegas com a iniciativa.

“Não temos fins lucrativos e entramos como professores e amigos da família. Ficamos felizes em ver nossos alunos nas diversas áreas, seja medicina, engenharia, direito entre outras”, pontuou.

A distância de Picos para Feira de Santana é de 810 quilômetros.

Vagas e Resultados

Com 1.007 vagas para 28 cursos de graduação, terminou nesta segunda-feira (11) o vestibular 2018.2 da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). O resultado será divulgado até o dia 27 de junho. O processo foi iniciado no domingo (10), com a aplicação das provas de Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, História, Geografia e Redação.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também