ad16
AutoPECASonline24.pt
GeralPolítica

Estudantes protestam e vereador retira de pauta projeto que acabava com meia entrada estudantil em Picos

Diógenes Medeiros (PPS)-Foto: Ascom

Após uma conversa com os membros do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e Universidade Estadual do Piauí (UESPI), o vereador Diógenes Medeiros (PPS) decidiu retirar de pauta o projeto que acabava com a meia entrada estudantil em Picos.

No início da sessão desta quinta-feira (22), o vereador comunicou ao presidente da casa Iata Rodrigues (PSB) e aos estudantes que estavam presentes no plenário Vereador Pedro Barbosa o desejo de retirar o projeto.

Segundo Diógenes Medeiros a retirada do projeto foi fruto de uma conversa com os representantes do DCE da UFPI e da UESPI. “Vamos amadurecer essa ideia, porque eu fiz isso não para prejudicar os alunos, mas  para tentar ajudar a cidade, porque estava havendo muita irregularidade com essas carteiras”, enfatiza.

O Coordenador de Formação Política do DCE, Maurício Martins conta que a classe recebeu a notícia do projeto com surpresa e indignação e decidiram montar uma comissão para dialogar com o vereador Diógenes. “Viemos aqui pouco antes da sessão, sentamos com o vereador, apresentamos nosso ponto de vista e o vereador compreendeu decidindo retirar de pauta o projeto, para a felicidade dos 9 mil estudantes universitário dessa cidade”, comemora.

CMP ficou aglomerada de estudantes-Foto: Romário Mendes

Para Washington Torres, presidente da União dos Estudantes do Ensino Superior (UNES), Diógenes quer beneficiar os promotores de evento. “Ele quer acabar com a meia-entrada estudantil, porque ele propôs acabar a meia-entrada em festas que tem abadás, então todo promotor vai fazer um abadá descartável TNT e acabar com a meia-entrada estudantil e falou também que iria acabar  para os shows com artistas nacionais e isso não podemos aceitar”, frisou.

Estudantes protestam na CMP contra o projeto mdo vereador Diógenes-Foto: Romário Mendes

Durante a sessão ordinária foi chegando cada vez mais estudantes e lotando plenário para protestar contra o projeto do vereador Diógenes. Durante a sua fala, Diógenes tentou se explicar para a classe, sobre o projeto, mas era interrompido constantemente por vaias e aplausos dos estudantes que se exaltaram. Com a confusão o presidente da casa Iata Rodrigues decidiu cancelar a sessão até que os ânimos acalmassem. “Dessa forma não tem condição de continuar com a sessão”, disse Iata.

Os parlamentares só retornaram as atividades depois da saída da maioria dos estudantes e com a chegada de policiais para reforçar a segurança no local.

 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade