ad16
Cidade

Explosão no 3° BEC de Picos foi programada

3º BEC em Picos - Foto: Divulgação
3º BEC em Picos - Foto: Divulgação

A população picoense passou por um susto na tarde da quinta-feira (11), por volta das 16h00, ao ouvir o som de uma explosão vinda do 3° Batalhão de Engenharia e Construção (3° BEC).  Muitas pessoas pensaram trata-se de um acidente. Nossa equipe de reportagem entrou em contato com o batalhão e foi atendida pelo tenente-coronel Ferreira, que desde o início do ano comanda o 3° BEC. Ele explicou que o fato tratou-se de uma explosão programada.

O comandante explicou que as inspeções no paiol de armas do batalhão são necessárias, e em uma dessas vistorias, recente, constatou que um dos explosivos precisava ser detonado rapidamente, pois estaria ficando foram do prazo de validade. A explosão foi realizada com segurança, sob a supervisão de um oficial especialista no assunto.

O coronel também explicou que o explosivo detonado não se tratava de uma granada, nem de qualquer arma de guerra, mas de um material usado pelo batalhão de engenharia nas construções que sempre empreende, quando surge a necessidade da destruição de grandes pedras, por exemplo. O composto básico desse explosivo é a pólvora.

A explosão foi realizada em uma área do interior do batalhão, naturalmente usada para esse serviço. No caso desse explosivo, os militares o dividiram em dois para evitar maiores problemas. As duas peças foram enterradas no chão e detonadas em sequência. Uma explosão seguida à outra.

[ad#ad-3]

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade