ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Família de criança de três anos com doença rara faz campanha para custeio de tratamento

Ela, que é natural de Picos-PI, foi diagnosticada com histiocitose aos 2 anos de idade.

A família da criança Maria Alice Araújo Lima Verde, de apenas 03 anos de idade, iniciou uma campanha para arrecadação de fundos para custear o tratamento da garotinha que foi acometida por um tipo de câncer – histiocitose – que demandará seu deslocamento para o estado de São Paulo.

Ela, que é natural de Picos-PI, foi diagnosticada com a doença há um ano e, desde então, realiza seu tratamento em Teresina. Contudo, devido a alguns agravamentos, ela foi encaminhada para São Paulo, onde dará continuidade aos cuidados médicos.

Tendo em vista todo o gasto que a família já teve e a necessidade de empenhar mais recursos para que a menininha continue seu tratamento, eles pedem ajuda a todos que puderem colaborar nessa campanha de arrecadação de recursos financeiros para que a viagem seja feita e o atendimento médico prossiga.

Aqueles que estiverem interessados em colaborar com a família devem enviar qualquer quantia para o PIX 001.350.563-73 (CPF) ou transferência/depósito bancário no Banco do Brasil: agência: 3350-2 / conta poupança – 21583-X. Ambas as contas estão no nome de Ana Paula dos Santos Araújo.

Histiocitose: o que é, sintomas e tratamento
A histiocitose corresponde a um grupo de doenças que podem ser caracterizadas pela grande produção e presença de histiócitos circulantes no sangue. Apesar da histiocitose ser mais relacionada a alterações respiratórias, os histiócitos podem estar acumulados em outros órgãos, como pele, ossos, fígado e sistema nervoso, resultando em sintomas diferentes de acordo com o local de maior proliferação dos histiócitos.

Principais sintomas
A histiocitose pode ser assintomática ou progredir para o aparecimento de sintomas rapidamente. Os sinais e sintomas indicativos da histiocitose podem variar de acordo com o local em que há maior presença de histiócitos. Dessa forma, os principais sintomas são:

Tosse;
Febre;
Perda de peso sem causa aparente;
Dificuldade para respirar;
Cansaço excessivo;
Anemia;
Maior risco de infecções;
Problemas de coagulação;
Erupções na pele;
Dor abdominal;
Convulsões;
Atraso da puberdade;
Tontura.

A grande quantidade de histiócitos pode resultar na produção excessiva de citocinas, desencadeando processo inflamatório e estimulando a formação de tumores, além de poder causar dano nos órgãos em que é verificado o acúmulo dessas células.

Devido ao fato do sistema imune das crianças ser pouco desenvolvido, é possível que aconteça o acometimento de vários órgãos com maior facilidade, o que torna importante o diagnóstico precoce e início do tratamento logo em seguida.

Como tratar
O tratamento da histiocitose depende da extensão da doença e do local afetado, podendo se recomendada a realização de quimioterapia, radioterapia, uso de medicamentos imunossupressores ou realização de cirurgia, principalmente no caso de acometimento dos ossos.

Fonte: Tua Saúde

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade