ad16
SaúdeTodas as Notícias

Fila de espera para leitos de Covid diminui no Piauí

77 pacientes aguardam por vaga em UTI.

A fila de espera por leitos Covid-19 no Piauí diminuiu, segundo dados do Núcleo de Estudos em Saúde Pública da UFPI (NESP). Dados divulgados na manhã desta quarta-feira (07/04),  mostram que 77 pacientes infectados pela Covid-19 ainda aguardam por uma vaga em leito de Unidade de Terapia Intensiva.

O pesquisador do núcleo, Emídio Matos, explicou ao OitoMeia, que taxa de ocupação de leitos de UTI Covid-19 segue trajetória de queda, mas ainda com tendência de aumento. O Piauí registrou o pico de internação de pacientes greves em 28 de março. Na data, 164 pessoas ocupavam vagas de Terapia Intensiva em hospitais do estado.

Já para leitos clínicos, o pico aconteceu em 24 de março, com 80 vagas ocupadas. Após a marca, vem apresentando redução contínua, com 16 leitos ocupados nesta quarta (07) e com tendência de queda.

“Esses dados, embora mostrem um alívio momentâneo, ainda devem ser visto com cautela, uma vez que o número de pessoas infectadas segue muito alto, o que se refletirá em ocupação de leitos Covid-19 mais à frente” acrescentou Emídio Matos.

Fila da regulação de leitos Covid-19 no Piauí em 07/04/21, manhã (Fonte: Nesp)

De acordo com dados do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi), os casos confirmados no estado somam 213.6 mil. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 4.34 mil e foram registrados em 219 municípios.

Piauí tem 233 leitos de UTIs habilitados pelo Ministério da Saúde

O Piauí foi contemplado com a habilitação de mais 55 leitos de unidade de terapia intensiva para tratamento de pacientes com a  Covid-19. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (7). Atualmente o estado do Piauí conta com 233 leitos de unidade de terapia intensiva habilitados pelo Ministério da Saúde.

Com esta nova decisão, os leitos que antes eram custeados com recursos da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) passam a ser financiados pelo Ministério da Saúde.

Nesta quinta-feira, 7, está marcada uma audiência de conciliação promovida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) entre o Ministério da Saúde e o Governo de cinco estados, incluindo o Piauí, para tratar sobre a habilitação de novos leitos. A audiência foi convocada pela ministra Rosa Weber.

Segundo o secretário Florentino Neto, desde dezembro o Piauí vem pleiteando esse financiamento por parte do ministério. “Mesmo com esses leitos habilitados pelo ministério, continuamos mantendo nossos leitos de UTI através de recursos do próprio do Tesouro Estadual, diz Florentino Neto.

As novas UTI’s, que foram habilitadas, estão no Hospital Getúlio Vargas (20), Hospital de Urgências de Teresina (30) e Hospital Senador Cândido Ferraz, em São Raimundo Nonato.

“Para conseguir essas habilitações, primeiro fazemos as montagens dos leitos, colocamos em funcionamento, em seguida fazemos a solicitação, durante a reunião da Comissão Intergestora Bipartite, e após enviamos um ofício ao Ministério da Saúde, além do cadastro no sistema de estabelecimentos de saúde, e com isso pleiteamos a habilitação”, explica o gestor.

Atualmente o estado do Piauí conta com 233 leitos de unidade de terapia intensiva habilitados pelo Ministério da Saúde. As UTI’s estão em hospitais das cidades de Teresina, Bom Jesus, Floriano, Piripiri, Oeiras, Parnaíba e Picos.

Portal OitoMeia/Meio Norte

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade