ad16
DestaquesTodas as Notícias

Fim de ano: PRF fez mais de 2 mil autuações por ultrapassagem proibida e excesso de velocidade no Piauí

Mortes reduziram em relação ao Natal, mas PRF flagrou muitas infrações nas rodovias.

Os condutores foram multados 2.026 vezes nos cinco dias da Operação Fim de Ano, da Polícia Rodoviária Federal, por velocidade excessiva e ultrapassagem proibida. As duas foram as infrações mais comuns e a PRF destaca que são também as que podem causar mais acidentes e deixar as colisões ainda mais agraves.

Balanço da operação

  • 4.729 fiscalizações
  • 1.485 excessos de velocidade
  • 541 ultrapassagens proibidas
  • 387 passageiros sem cinto de segurança
  • 34 condutores embriagados
  • 29 crianças sem cadeirinha
  • 13 acidentes
  • 13 feridos
  • mortes

Quanto ao excesso de velocidade, Doriedson destacou os condutores flagrados com velocidades acima de 170km/h nas estradas.

“Com uma velocidade dessas, o motorista vira mais um passageiro, porque ele não tem qualquer controle do veículo caso precise agir rapidamente. Além disso, foram muitos os casos de crianças sem cadeirinha. Em um acidente, a criança vira um objeto dentro do carro, vai ficar ferida gravemente”, destacou.

Nas rodovias federais piauienses, o limite máximo é de 100 km/h, onde não há sinalização. Em locais onde há placas, o trecho mínimo para obedecer à sinalização é de 2 km, podendo a velocidade ser aumentada para no máximo 100km/h depois desse percurso.

O superintendente substituto da PRF, Doriedson Viana, destacou que embora o movimento tenha sido mais intenso nas estradas do que na Operação Natal, houve redução nas mortes. Enquanto no Natal foram seis, no Ano Novo foram três.

“Nós montamos uma outra estratégia, com um efetivo mais distribuído ao longo do percurso, não apenas concentrando os policiais no litoral”, informou ele.

Segundo ele, apesar disso, houve um aumento muito significativo nos casos de ultrapassagens indevidas em relação ao ano passado, mesmo o período da operação tendo sido menor.

“Ano passado foram três dias, mas foram 117 casos, enquanto esse ano foram mais de 500. Chamamos a atenção sempre para a ultrapassagem indevida e o excesso de velocidade, que causam mais acidentes e mais danos às pessoas”, destacou.

Fonte: G1 Piauí

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também