ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesSaúdeTodas as Notícias

Funcionários do SAMU de Picos denunciam atrasos de salários através de carta anônima

[ad#336×280]Através de uma carta anônima destinada ao “Jornal 95” da Rádio Cidade Modelo FM, funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU de Picos denunciaram as precárias condições de trabalho e atraso no pagamento de salários que já perduram por quase três meses, segundo o teor da carta.  Não é de hoje que reivindicações como estas vem à tona.

A carta é construída a partir do relato de um suposto funcionário do SAMU que descreve o trabalho realizado diariamente pelos profissionais, especialmente no enfrentamento aos problemas estruturais, como o espaço físico da sede, além do suporte aos equipamentos de trabalho.

Carta destinada ao Jornal 95 - Foto: Paula Monize
Carta destinada ao Jornal 95 – Foto: Paula Monize

“O Samu de Picos se encontra hoje em abandono e situação precária, prédio estiorado, torneiras quebradas, vazamentos no teto quando chove, falta de material de limpeza, um verdadeiro caos, onde um órgão que funciona prestando serviço à população por 24h se encontra neste estado”, relato exposto na carta.

DSCN0228

Além disto, as reclamações se estendem ao atraso de salários dos profissionais além da mudança que altera os atendimentos à população local.  Estes passaram a ser regulados pela Central Estadual do serviço em Teresina, e só posteriormente a equipe do SAMU em Picos é encaminhada para dar a assistência médica in loco.

 “O salário dos funcionários já está atrasado há quase três meses. Ela diz que só paga com o recurso federal, e este já entrou na conta há 08 dias, mas até hoje nada de pagamento. Outro problema será a regulação do serviço feita por Teresina e isto vai prejudicar a população”, trecho da carta.

O outro lado

Em conversa com a secretária de Saúde de Picos, Ana Eulálio, a mesma esclarece a situação relatada na carta, e reconhece o direito legítimo do servidor público em demonstrar sua insatisfação. No entanto, a mesma faz um apelo ressaltando que as denúncias a serem realizadas que se façam da maneira correta e fundamentadas “o façam na maneira que agreguem valor e qualidade na prestação do serviço que fazem a população do município”.

Secretária Ana Eulálio esclarece denúncias - Foto: ASCOM
Secretária Ana Eulálio esclarece denúncias – Foto: ASCOM

Ana Eulálio foi enfática ao dizer que a gestão atual não é responsável pelo processo de deterioração em que se encontra o SAMU, e que isto vem se alastrando a um processo de dez anos. “Ao assumir o cargo em janeiro de 2013, esta situação já se constatava no prédio do SAMU, e em toda a rede pública do município. Obviamente que a recuperação dos prédios, e a estruturação do serviço não seria feita num curto espaço de tempo”, afirma a secretária. Segundo ela, uma reforma no prédio já foi iniciada desde a semana passada.

Em se tratando do atraso no pagamento dos salários, Ana Eulálio explica que o mesmo se deve a um atraso no repasse federal do Ministério da Saúde referente ao mês de junho que só foi feito no início de  julho, e que os mesmos estão sendo repassados aos funcionários desde a última segunda-feira, 11 .

Sobre o processo de regulação do serviço a ser executado pela Central de Teresina, a secretária percebe como uma mudança positiva. “É preciso esclarecer à população que isto é um desserviço e uma inverdade. A regulação coloca e tornará o serviço mais eficiente, garantirá o serviço e a intervenção do profissional médico na medida da necessidade de cada caso que for demandado para o SAMU. E garantirá uma eficiência maior e agilidade no atendimento. Hoje não é mais possível que o funcionário seja descarregado com uma dupla função.”, enfatiza Ana Eulálio.

A secretaria ainda acrescenta que o sistema público de saúde é feito por todos, onde o interesse maior da sua gestão é defender os interesses da população e garantir eficiência na prestação de serviços.

 

 

 

 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade