ad16
EsporteGeralTodas as Notícias

Goleiro picoense volta aos campos após dois anos em recuperação

Goleiro Marcos
Goleiro Marcos

Durante os dois últimos anos, Marcos frequentou mais os consultórios médicos e clínicas de fisioterapia do que os campos de treinamento. O goleiro sofreu uma lesão nos ligamentos do joelho direito quando defendia o Madureira, em 2012, e desde então não voltou a atuar. O jogador retornou ao Piauí, sua terra natal, onde realizou boa parte do processo de recuperação. Havia a expectativa de retorno na Copa Rio deste ano, mas não houve tempo hábil para recuperar a forma física ideal.

Há duas temporadas sem jogar uma partida oficial, Marcos iniciou o amistoso contra a Seleção Brasileira sub-20. A partida aconteceu na tarde desta terça-feira, 6, na Granja Comary, e o goleiro foi um dos destaques do Tricolor da Serra. Além das boas defesas e algumas saídas de gol que relembraram o auge da carreira, Marcos pegou um pênalti ainda na primeira etapa. Tão logo afastou a bola da grande área, ajoelhou-se e não conteve a emoção.

“Foi um momento especial, e fiquei emocionado. Depois de dois anos sem fazer o que Deus me colocou no mundo pra fazer, que é jogar futebol, eu pude ser presenteado com esse jogo aqui na Granja Comary e tive a oportunidade de defender um pênalti. É um local onde os melhores do nosso país treinam. Tenho que manter a rotina e treinar bastante para aprimorar algumas coisas. A pré-temporada em Miracema vai ser ótima para chegar no carioca 100%”, comenta.

Marcos vai enfrentar as concorrências de Luiz Felipe e Afonso pela camisa 1 do Friburguense. O primeiro foi titular na Copa Rio de 2014, e o segundo, esteve no gol do Frizão durante o estadual da última temporada. Ambos aproveitaram bem as oportunidades, e mostraram serviço ao técnico Gerson Andreotti. Aos 30 anos de idade, o piauiense reconhece que ainda precisa evoluir após o longo tempo inativo para ter condições de “brigar” de maneira sadia pela vaga com os companheiros.

“Esse foi o meu primeiro jogo depois de dois anos afastado. Me soltei um pouco mais, apesar de estarmos num período de muito treinamento físico. O amistoso seria na sexta, mas anteciparam e temos que estar preparados. Deu pra pegar um pouco debaixo do gol, mas faltou muito em termos de saída de gol. Mas só com o tempo eu vou conseguir recuperar. A avaliação é positiva, e espero evoluir mais na pré-temporada.”

Autor: Vinicius Gastin

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade