ad16
DestaquesPolítica

Governador vai liberar Rejane e Fábio Abreu para votarem contra impeachment

O governador Wellington Dias (PT) decidiu liberar os secretários Rejane Dias, da Educação, e Fábio Abreu, da Segurança Pública, para retornarem à câmara dos deputados e votarem contra o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Dias já comunicou sua decisão ao deputado Mainha (PP) dizendo que o retorno dos dois parlamentares será apenas para os 3 dias em que vai durar a votação.

20160408105905_f05c9

Com a volta de Rejane Dias e Fábio Abreu para Brasília, deixam a câmara os suplentes Silas Freire (PR) e Mainha (PP). Mainha tem reiterado de público ser contra o impeachment da presidente Dilma por achar que não existe crime de responsabilidade praticado por ela. O deputado Silas Freire, por sua vez, segundo o blog ouviu de um deputado, disse estar em dúvida em relação ao seu voto no processo.

FONTE: Portal AZ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade