ad16
DestaquesEconomiaTodas as Notícias

Governo divulga tabela de pagamento e promete honrar atrasados

[ad#336×280]O secretário de fazenda Rafael Fonteles divulgou na manhã desta sexta-feira (9) a nova tabela de pagamento dos servidores do estado para o ano de 2015. O anúncio ocorreu na própria Secretaria de Fazenda e contou com a presença do secretário de administração Francisco José, o Franzé. A planilha prevê o pagamento de todos os vencimentos sempre entre o dia 29 de cada mês até o oitavo dia útil do mês subsequente.

Segundo Rafael Fonteles, a tabela ainda não é a ideal, mas foi o que a situação financeira do estado permitiu para esse início de gestão. Ele diz que o objetivo do governo é fazer com que todos os pagamentos da folha possam ser pagos até o quinto dia útil do mês já em janeiro do ano que vem. “Não é a tabela ideal ainda, temos que trabalhar com prudência e segurança. Nosso objetivo é até o final do ano normalizar e voltar os pagamentos para o quinto dia útil, pois é isso que almejamos”, falou.

Secretário de Fazenda Rafael Fonteles - Crédito: Acervo Pessoal
Secretário de Fazenda Rafael Fonteles – Crédito: Acervo Pessoal

Rafael Fonteles também falou sobre os servidores que estão com os salários de dezembro de 2014 atrasados. Apesar da crise financeira, ele garantiu que todos os pagamentos serão feitos ainda neste mês de janeiro. “O governador nos orientou a honrar todos os pagamentos deixados pela gestão anterior”, afirmou. Os repasses já estão sendo feitos desde o dia 6 e devem ser concluídos até a próxima terça-feira (13). “O governo anterior pagou apenas cerca de 20% da folha de dezembro”, informou.

O secretário de administração Franzé também falou sobre a nova tabela e destacou que muita coisa ainda está sendo estudada para normalizar a situação financeira do estado. “Ainda estamos fazendo o levantamento de muita coisa. O que foi feito nesse estado nos últimos três meses é uma total insensibilidade e irresponsabilidade”, disse o secretário. Segundo ele, a dívida total ainda está sendo calculada, mas a estimativa é de que supere a casa dos R$ 2 bilhões.

Terceirizados
Quanto ao pagamento dos terceirados, Franzé disse que o governo ainda vai sentar com as empresas para verificar a situação. Segundo ele, alguns trabalhadores de empresas que prestaram serviço para o estado estão com três meses em atraso. O secretário mencionou que muitos recursos para pagamento de empresas não foram empenhados pela gestão passada, o que impede o atual governo de efetuar os pagamentos.

“Esses contratos que não tiveram recursos empenhados estão à margem da legalidade na questão de pagamento. Pela lei, nós não podemos pagar”, afirmou. Franzé disse que a orientação dada aos empresários nessa situação é que eles judicializem o problema para que o governo adquira amparo legal e possa efetuar os pagamentos.

G1 PI

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade