ad16
DestaquesPolíticaTodas as Notícias

“Há dias que eles vinham assaltando nos bairros”, diz comandante do 4º BPM sobre tio e sobrinho

O comandante do 4º BPM, tenente-coronel Edwaldo Viana informou, através de um áudio no WhatsApp, que Francisco José Dias, conhecido como Pançudo e seu sobrinho Mateus, conhecido como Pirão estavam realizando assaltos constantemente na cidade.  A dupla trocou tiros com a polícia na manhã de hoje, após tentar assaltar um posto de combustíveis no Centro da cidade e um deles morreu no local.

“Há dias que eles vinham assaltando nos bairros, inclusive aqui na Cohab eles assaltavam os dois em uma moto. Eles trocavam de moto e continuavam nessa folga toda e assaltando todo mundo, armados”, relatou o comandante Edwaldo Viana.

Sobre a tentativa de assalto no posto de combustíveis, que culminou com a morte de um dos assaltantes, o comandante informou que o tio e o sobrinho começaram a atirar assim que avistaram a polícia. “Atirou em polícia também pega tiro de polícia, então esses caras tem que respeitar. Se eles não querem respeitar, quem dá segurança a sociedade, como vão respeitar o cidadão?”, questionou Viana.

Viana reiterou ainda que os policiais estão cumprindo um dever deles, correndo o risco de suas próprias vidas. “Graças a Deus nenhum cidadão veio a óbito, somente um funcionário de um supermercado pegou um tiro de raspão, mas está bem”, concluiu.

Durante a troca de tiros com a polícia, Pirão foi atingindo por pelo menos cinco disparos e morreu no local. Pançudo também recebeu disparos, mas foi  levado com vida ao Hospital Regional Justino Luz e passa por um procedimento cirúrgico.

Tags

Leia Também

Publicidade