ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Histórias que Inspiram: Conheça a trajetória do locutor Emerson Jaime

Uma das suas maiores alegrias em sua profissão é o carinho e a satisfação de ouvir as pessoas dizendo que gostam de seus Programas.

Muita gente tem vontade de saber como é ser locutor, como é ser o dono daquela voz que faz com que as pessoas imaginem as características físicas de quem está do outro lado do microfone. Mal sabem que a vida de quem trabalha em uma Rádio é muito movimentada, como gravar programas ou fazê-los ao vivo, organizar a produção, selecionar trilhas, vinhetas e músicas, organizar os informes, atender aos pedidos dos ouvintes e muitas outras coisas que ficam apenas nos bastidores.

No Histórias que Inspiram de hoje, iremos conhecer a trajetória de um dos maiores talentos do Rádio, aquele que é dono de uma das vozes mais famosas de Picos: Emerson Jaime.

Com 55 anos de idade e 33 de carreira, Emerson Jaime que não se chama Emerson e sim Jaime Leopoldo Neto conta ao Portal RiachãoNet histórias de sua vida e de sua carreira.

Emerson Jaime – Locutor (arquivo pessoal)

Começo de uma trajetória de sucesso … 

O início da trajetória como Locutor se deu por acaso. Dono de várias composições próprias, o sonho de Emerson Jaime era na verdade ser cantor. Por volta dos anos de 1986, com o surgimento de uma outra Rádio AM na cidade, chamada Grande Picos AM (hoje Rádio Esperança), incentivado por amigos ele foi até lá, pois estava acontecendo os testes para locutores, ao chegar e ao fazer os testes viram nele um grande potencial e o inicio de sua carreira começa aqui. Após cinco meses trabalhando nessa Rádio, chegaram em Emerson e falaram “você irá começar a falar a hora de quinze em quinze minutos” e assim ele passa a ser o primeiro locutor a falar ao vivo nessa Rádio, pois todos os outros programas eram gravados.

Com uma ousadia que não era comum na época, Emerson Jaime começa a trabalhar em um programa  de Música Popular Brasileira. Nesse programa além das músicas eram passados aos ouvintes informações sobre aqueles artistas. “Sofri pra caramba pra encontrar informações, na época não existia internet, então pra mim pesquisar usava revistas e livros, passava horas e horas em minha casa concentrado nisso, buscando, pesquisando para no dia seguinte informar no programa”, disse o locutor.

Para a época foi uma grande inovação, pois até então só existia nos programas o costume de os locutores mandarem “alô” para os ouvintes ou então ler as cartinhas que eram enviadas. Com essa programação diferenciada, Jaime contou que “graças a Deus, a programação foi um sucesso”. Trabalhou nessa rádio por dois anos, quando em um dia comum de trabalho, apresentando seu programa como de costume, o diretor o despediu no ar. “Fui despedido do ar. Estava apresentando o programa e o diretor chegou e falou que era o último dia que eu estava trabalhando […] fiquei muito triste, inclusive cheguei a chorar, mas continuei o programa numa boa como se nada tivesse acontecido”, relembrou.

foto: arquivo pessoal

O Recomeço …. 

Ninguém esquece uma grande voz. Seis meses depois Tantonho Silva, um grande radiojornalista e promotor de eventos muito conhecido em Picos, soube do que havia acontecido com Jaime e o procurou, e daí em diante ele passou a visitar os estúdios da Rádio Cidade Modelo (primeira rádio FM da região), que se encontrava em fase experimental. “Coincidentemente eu fui o primeiro locutor a falar ao vivo lá também, a primeira programação partiu de mim”, enfatizou Emerson Jaime. 

E assim, começou a trabalhar na Rádio Cidade Modelo à noite, apresentando um programa romântico chamado Emoções 95. “Graças a Deus foi um sucesso absoluto, e até hoje as pessoas me cobram a volta dele”, disse.

Posteriormente passa a trabalhar pela manhã onde adotou o mesmo estilo do programa para o horário das onze horas. O programa se chamava Recado para o meu amor. “Todo mundo me conhece até hoje pelo locutor dos recadinhos, as pessoas chegam pra mim e dizem que uní muitas pessoas, mas também separei outras com os recados que tinha”, relembra com risos.

foto: arquivo pessoal

As dificuldades ….

Picoense de nascimento e coração, Emerson Jaime passou por alguns momentos difíceis em sua vida, fez alguns tratamentos de saúde na Capital Teresina e em São Paulo, mas como todo bom brasileiro, soube contornar as dificuldades e enfrentá-las e hoje segue muito mais firme e forte. 

Não pretende sair de Picos e procura sempre ser um profissional diferenciado dos demais, seja por adotar estilos de acordo com cada época ou seja pelo seu tom de voz. “Esse sempre foi meu objetivo, tentar me diferenciar dos demais”, completou o locutor.

foto: arquivo pessoal

A Consagração de uma carreira e as premiações recebidas ….

Os anos foram se passando e Emerson assumiu um outro programa, mas dessa vez com um estilo diferenciado, mais jovem, com músicas atuais, alegres e divertidas, e é nesse estilo que permanece até hoje. E é nessa modalidade que já foi premiado diversas vezes. “Modéstia a  parte, eu sou o único locutor que tem sete prêmios de destaque como locutor do ano. Na macrorregião eu sou o único que teve essa premiação”, informou.

Sem nunca ter trabalhado em outra área a não ser em Rádio, Emerson Jaime é um dos maiores locutores de Picos. Estudou até a metade do terceiro ano do Ensino Médio, não o tendo concluído. Mas isso nunca importou para ele, pois o que lhe formou foi a vida e as lições que teve ao longo de sua trajetória, “não concluí o Ensino Médio, mas não sinto inferior aos que concluíram ou aos que possuem alguma formação”. Sem dúvidas o Rádio foi uma grande escola pois foi o que lhe preparou para hoje ser a pessoa que é e o grande profissional que se tornou.

Uma das suas maiores alegrias em sua profissão é o carinho, o reconhecimento, a satisfação de ouvir as pessoas dizendo que gostam dos seus programas e que o ouvem a anos. Pode-se dizer que o Rádio o escolheu e como um bom vendedor de magia, nesse caso, escolheu a pessoa certa para transmitir essa magia por meio das ondas sonoras. 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade