ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Homem é assassinado com golpes de faca em praça no Centro de Picos

Motivação do crime teria sido por vingança.

A Polícia Civil de Picos registrou na madrugada desta quinta-feira (19), por volta das 2h30, o quarto homicídio do ano de 2020 na cidade. A vítima foi identificada como José Henrique da Silva Santos, de 32 anos, mais conhecido como Nego Henrique. O crime aconteceu na Praça João de Deus Filho, no Centro.

Segundo informações do relações públicas da Polícia Civil, Lennon Luz, José Henrique foi morto com quatro golpes de faca, após se envolver em uma briga em um bar com quatro pessoas.

Ainda de acordo com Lennon, a Polícia Militar ainda na madrugada efetuou a prisão dos envolvidos no crime, no bairro Papelão. “Três deles foram conduzidos para delegacia e não negaram ter participado do fato. Segundo os depoimentos, quatro pessoas, sendo que três deles são primos, foram até um bar comprar cerveja por volta das 2h, e ao chegarem ao local encontraram a pessoa de Henrique que tinha um desentendimento anterior com um dos indivíduos e ao avistá-lo o Henrique teria sacado uma arma branca e ido em direção ao desafeto”, disse.

Lennon informou que Henrique entrou em luta corporal com as quatro pessoas no bar e foi atingido com um golpe de faca. Mesmo ferido, a vítima ainda conseguiu fugir, mas foi alcançado e executado nas proximidades da penitenciária feminina.

O trio informou ainda a polícia que apenas um deles, o que está foragido, efetuou os golpes de faca na vítima. “Vamos checar melhor com imagens de câmeras de segurança para esclarecermos a participação de cada um dos envolvidos”, frisou Lennon.

Motivação do crime

Segundo Lennon Luz, as testemunhas informaram que a motivação do crime teria sido por vingança. “Segundo a versão dos três conduzidos, Henrique, há dez anos atrás, teria cometido um homicídio contra o pai de um dos acusados, que foi o que perfurou a vítima”, completou.

Nego Henrique, como era mais conhecido, tem várias passagens pela polícia e é réu em um processo que ainda não se encerrou pelo crime de homicídio.

O corpo da vítima será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), em Teresina, para a realização do exame cadavérico.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade