ad16
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Homem que sofreu atentado em Picos é suspeito de participação em assaltos à banco

O homem identificado por  William da Silva, que foi vítima em uma tentativa de homicídio na manhã desta quarta-feira(15) (LEIA MATÉRIA AQUI), na BR-316, próximo a Clínica de Urgência, em Picos, já havia sido preso suspeito de participação de assalto ao Banco Bradesco em Caridade do Piauí, próximo à Simões.

Em matéria publicada pelo PORTAL RIACHAONET em 26 de agosto de 2013, há o relato de que William da Silva é detido pela Polícia junto com outros suspeitos envolvidos na ação (LEIA MATÉRIA AQUI). Segundo informações divulgadas através da polícia, William era o “cavalo de fuga” da quadrilha, pois utilizava seu veículo particular pra dar fuga aos membros da quadrilha após as explosões do caixas eletrônicos.

Acusados de explosão do Bradesco em Caridade. Willian é o terceiro da esquerda para a direita - Foto: Divulgação PM
Acusados de explosão do Bradesco em Caridade. Willian é o terceiro da esquerda para a direita – Foto: Divulgação PM

Na época, a ação da polícia foi rápida, iniciada poucos minutos depois do roubo, e, em menos de 24 horas, todos os suspeitos foram capturados e R$ 35 mil que haviam sido levados do Bradesco, foram recuperados.

Ação em Picos

Willian da Silva no momento da prisão em Caridade (esquerda) e no momento doa tentado em Picos (direita)
Willian da Silva no momento da prisão em Caridade (esquerda) e no momento do atentado em Picos (direita)

Segundo informações do tenente-coronel Edwaldo Viana, Comandante do 4º BPM de Picos, Alemão (Willian da Silva) estava preso em São Raimundo Nonato. Ainda segundo o Comandante, também existe a possibilidade de William estar envolvido nos assaltos bancários ocorridos em Picos. “Ele foi solto e participou de outros assaltos a bancos inclusive é suspeito de participação dos assaltos ocorridos em Picos”, concluiu o tenente-coronel  Viana.

De acordo com o chefe de plantão da Polícia Civil de Picos, Abelardo Oliveira, a Polícia Militar e a Polícia Civil estão em diligência para localizar os suspeitos do atentado a Willian da Silva. “Estamos investigando se alguém deu suporte pra eles já que abandonaram a motocicleta e vamos trabalhar para descobrir quem são os autores do crime”, informou. Sobre a vítima, Abelardo informou que existe um mandado de prisão contra ele em São Paulo.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade