ad16
SaúdeTodas as Notícias

HUT irá reativar capacitação para doação de órgãos no Piauí

A unidade de saúde poderá identificar os potenciais doadores, promovendo uma entrevista familiar adequada e melhorando a articulação do Hospital com a Central de Notificação.

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) irá reativar a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) em parceria com a Central de Transplantes do Piauí. Com a comissão, a unidade de saúde poderá identificar os potenciais doadores, promovendo uma entrevista familiar adequada e melhorando a articulação do Hospital com a Central de Notificação. 

De acordo com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), a CIHDOTT será reconstituída por médicos, psicólogos, assistentes sociais e enfermeiros, com funcionamento 24 horas para melhorar a organização e a ampliação do processo de captação de órgãos.

Segundo a médica e coordenadora da Central de Transplantes, Lourdes Veras, o HUT é atualmente o hospital com maior potencial de doação de múltiplos órgãos e tecidos do Piauí devido ao perfil de pacientes de alta complexidade que são atendidos diariamente na unidade e o debate constante desse assunto nos ajuda a aumentar o número de doações. 

“Para tornar o processo mais seguro e transparente, o HUT irá revisar seu protocolo de morte encefálica e isso irá facilitar os diagnósticos. Além disso, com a capacitação dos médicos e demais membros da comissão, os potenciais doadores de órgãos serão melhor conduzidos tornando o processo mais rápido e menos doloroso para a família que está em processo de luto”, explica o diretor clínico, Hormone Rodrigues.

Fábio Marcos, diretor geral do HUT lembra que em 2017 houve a maior notificação de doações já registradas no estado e isso foi possível devido à atuação da CIHDOTT no processo de transplantes do Piauí. 

“É nosso compromisso social recomeçar e reativar essa comissão no Hospital para notificar mais doadores e reduzir a lista de espera por um órgão. Isso será mais um indicador que nosso objetivo de salvar vidas está sendo cumprido”, garantiu Fábio Marcos.

Cidade Verde

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade