ad16
AutoPECASonline24.pt
ColunasGeralInformáticaTodas as Notícias

Informática: Aplicativo ‘Rastreador de namorado’ promete ‘vigiar’ parceiro

[ad#336×280]O nome deste novo app para Android não deixa dúvidas sobre sua função. O “Rastreador de namorado” é uma ferramenta para você vigiar seu (sua) namorado(a). “Faça seu namorado levar um detetive no bolso: instale o Rastreador no celular dele. Receba mensagens, localizações e ouça o que acontece ao redor”, diz a descrição do serviço.

Após instalar gratuitamente a ferramenta no smartphone da cara-metade, o usuário passa a receber mensagens que informam a localização da pessoa amada, mostra os torpedos que ela envia ou recebe e os números de telefone para o qual tem ligado. Dá até para ouvir o que está se passando no entorno dele. É possível ver o app funcionando na prática em um vídeo do YouTube.

“Um comando seu e o celular dele te liga sozinho. E você ouve tudo”, explica o site oficial do aplicativo.

O rastreador foi desenvolvido pelos paulistas Danilo Cruz e Matheus Grijó, que trabalham com criação de aplicativos.

Rastreador é um app polêmico para Android (Foto: Divulgação)
Rastreador é um app polêmico para Android (Foto: Divulgação)

– O Matheus já desenvolvia ferramentas de localização para o setor de segurança, mas as amigas viviam pedindo para usar os aplicativos para monitorar os namorados. Então ele teve a ideia de criar um serviço voltado para esse público e me chamou para ampliar os serviços – conta Danilo, de 27 anos, que desenvolve games e aplicativos para aparelhos móveis.

Apesar de muitos usuários não acreditarem, o criador garante que tudo funciona perfeitamente.

– Testamos amplamente o serviço, e todo mundo que instala o aplicativo se surpreende com a capacidade. A namorada fica sabendo até quando o cara desliga o celular – comenta.

O app, aliás, pode ser usado por homens e mulheres. Danilo diz que o título “Rastreador de namorado” foi escolhido apenas para criar um “direcionamento de público”.

– Hoje, o número de mulheres que fazem o download é quase igual ao número de homens. Mas eles têm mais vergonha de confessar – observa o especialista em computação.

O serviço está gerando bochicho nas redes sociais, pois a maior parte dos internautas acha que ele é uma invasão de privacidade e que só amplifica o ciúme de quem o utiliza.

Na versão gratuita do dedo-duro virtual, que pode ser baixada pelo Google Play, o investigado recebe notificações que avisam quando a companheira recebe alguma informação sobre seu paradeiro. Porém, o site do aplicativo oferece também uma versão paga secreta, cuja assinatura mensal custa R$ 4,99.

– Nessa versão, o aplicativo fica oculto no celular. Os dados do usuário são enviados sem que ele seja notificado – diz Danilo, rebatendo as críticas de quem reclama da invasão de privacidade. – Nós recomendamos que o aplicativo seja instalado com o consentimento do namorado ou da namorada. Mas isso fica a critério de quem usa a ferramenta. É mesma coisa de usar caneta espiã, com câmera. O responsável pelo flagra é o comprador, não o fabricante.

Por enquanto, o serviço está disponível apenas para o sistema Android. A equipe estuda a possibilidade de desenvolver uma versão para o Windows Phone. Já os usuários de iPhone não terão sua chance de espionar a vida alheia.

– Não temos como criar uma versão para iPhone porque as funcionalidades do sistema não permitem – explica Danilo. – Muita gente também escreve pedindo que o serviço seja estendido para o What’s App e para as mensagens do Facebook, mas, infelizmente, não dá para ser feito. Um aplicativo não pode interferir em outro, apenas no sistema fixo do aparelho.

Fonte: Jornal O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade