ad16
Concursos

INSS: autorização para 2.500 vagas sai nos próximos dias

INSS
INSS

A Secretaria de Imprensa da Presidência da República confirmou a autorização de 2.500 vagas (2 mil para técnico e 500 para perito médico) para a realização do concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O quantitativo a ser oferecido foi definido, no último dia 12, por técnicos dos ministérios da Previdência Social e do Planejamento (MPOG). No sábado, dia 13, pelo Twitter, o ministro Garibaldi Alves Filho anunciou o acordado na reunião. Ele também informou que o edital deverá ser divulgado até o fim de setembro.

Requisitos e vencimentos – O cargo de técnico requer o nível médio (antigo 2º grau), com vencimentos iniciais de R$2.980. Além disso, há uma gratificação de desempenho, que pode elevar a remuneração a R$3.280. Já o de perito médico, o requisito é graduação em Medicina e inscrição no Conselho Regional da classe. Os vencimentos são de R$4.149,89, podendo chegar a R$8.849,89, por conta da gratificação de desempenho.

Portaria de autorização – Agora, mais do que nunca, a expectativa é pela autorização formal do Ministério do Planejamento. A portaria deve ser publicada no Diário Oficial da União a qualquer momento. Após isso ocorrer, o INSS irá efetivar a contratação da empresa organizadora do concurso, segundo a Assessoria de Imprensa do Ministério da Previdência Social.

Ainda de acordo com a assessoria, os aprovados serão contratados a partir de março de 2012. A informação reforça a tese de que o processo seletivo irá ocorrer com celeridade, a exemplo da última seleção para o cargo de técnico do seguro social. O prazo entre a abertura das inscrições (12/02/2008) e a aplicação das provas (16/03/2008) foi curto, causando a indignação de milhares de candidatos.

PEX – O concurso destina-se ao preenchimento de vagas que serão abertas nas novas agências do Plano de Expansão da Rede de Atendimento (PEX) e para substituir os servidores remanejados para as unidades que estão sendo inauguradas – 71, até o momento.

O plano prevê a construção de 720 novas agências, em municípios com mais de 20 mil habitantes. Com essas unidades, o INSS ampliará de 1.110 para 1.830 agências. Atualmente, o instituto está presente em 950 cidades. Até o fim de 2013, a autarquia quer atuar em 1.670 municípios brasileiros.

O INSS havia solicitado ao Planejamento o preenchimento de 10 mil vagas (8 mil para técnico e 2 mil para analista – cargo que acabou não sendo contemplado). Além de reestruturar o seu quadro de pessoal para a implantação das agências, o INSS pretendia minimizar o déficit de mais de 10 mil servidores e se preparar para a reposição dos aposentados. No entanto, o Planejamento só autorizou 25% das vagas. O cargo de perito médico recebeu vagas devido à necessidade de realização de perícia médica nas novas unidades.

Técnico-2008: 1.400 vagas e 2.100 chamados

O último concurso para técnico do seguro social ocorreu em 2008, quando a oferta foi de 1.400 vagas. Porém, 2.100 aprovados foram convocados durante o prazo de validade, que está sendo questionado na Justiça. Os candidatos foram submetidos a 150 questões objetivas, Conhecimentos Básicos (50), Complementares (30) e Específicos (70).

A aprovação esteve condicionada à obtenção de, pelo menos, dez pontos nas disciplinas básicas, seis nas complementares, 18 nas especificas e 45 no conjunto da avaliação. O programa de Conhecimentos Básicos foi composto pelas disciplinas de Português, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, Atualidades e Matemática. Já Conhecimentos Complementares contemplaram Ética no Serviço Público, Noções de Direito Administrativo e Noções de Direito Constitucional.

Perito médico – O último concurso para perito médico foi realizado no ano passado, e experiou no dia 3 de junho último. Foram oferecidas 500 vagas, mas o INSS convocou 750 peritos. A prova objetiva, única etapa da seleção, foi composta por 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Administrativo e Noções de Direito Constitucional) e 70 de Específicos (Medicina Geral, Medicina do Trabalho, Legislação Referente ao SUS, Legislação do Trabalho e Legislação Previdenciária).

Conseguiram aprovação os candidatos que obtiveram dez pontos em Conhecimentos Básicos, 21 nos Específicos e 26 no montante da prova. Ambos os concursos foram organizados pelo Cespe/UnB.

Fonte: Portal NUCE Concursos

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade