ad16
DestaquesGeralJaicósMunicípiosTodas as Notícias

JAICÓS | Criança de 6 anos, prima de Laiara, também está com câncer e precisa de ajuda

[ad#336×280]Há pouco mais de uma semana, a cidade de Jaicós se comoveu com a notícia da morte precoce da pequena Laiara da Silva Vieira, uma criança de apenas 4 anos que morreu vítima de câncer. Uma campanha iniciada nas redes sociais despertou a solidariedade de dezenas de pessoas, que ajudaram a humilde família a cuidar da menina que lutava pela vida.

Agora, a família revive o mesmo drama, desta vez, envolvendo Aqueny Silva Rocha, de 6 anos, que é prima de Laiara e a filha mais nova de Maria Lúcia da Silva Pereira Rocha, moradora da localidade Tiririca, comunidade situada na zona rural, a poucos quilômetros da cidade de Jaicós.

Aqueny Silva Rocha, de 6 anos-Foto: Cidades Na Net
Aqueny Silva Rocha, de 6 anos-Foto: Cidades Na Net

A menina sofre com leucemia, um tipo de câncer no sangue que começa na medula óssea. O tratamento contra a doença já foi iniciado, no Hospital São Marcos, em Teresina. Aqueny precisa a realizar o transplante de medula óssea, que segundo a mãe, só poderá ser feito após o tratamento com medicamentos através de sessões de quimioterapia.

Maria Lúcia informou, por telefone, que Aqueny já realizou a primeira sessão e não reagiu, provocando lesões na boca, garganta, inchaço e febre. Para se alimentar, a criança teve que ser sondada. “A médica disse que a segunda sessão está marcada para amanhã [quinta-feira] e que era pra gente decidir se vai fazer ou não, por causa do risco. […] Vou entregar nas mãos de Deus”, disse a mãe, confirmando que vai continuar o tratamento.

Além da luta contra a doença, a família enfrenta dificuldade para se manter em Teresina, a única cidade do Piauí onde pode ser feito o tratamento, distante 366 km de Jaicós. Desde que a Prefeitura Municipal de Jaicós fechou a casa de apoio que hospedava pacientes do município que realizavam tratamento de saúde na capital, a família teve que se hospedar em uma pensão particular, onde a diária mínima custa R$ 25.

“Eu ganho um salário por mês pra sustentar três filhos, e agora, tenho que dividir para pagar a pensão aqui em Teresina”, disse a mãe de Aqueny, que perdeu o esposo há cerca de dois anos.

Pessoas solidárias que puderem ajudar a família poderão fazer doações através da Conta Poupança 15.757-0, Agência 2203-9, no Banco do Brasil. A titular da conta é Rosimária da Silva Pereira, tia de Aqueny.

Mais informações, entre contato por telefone com  Maria Lúcia – mãe de Aqueny – pelo telefone (89) 9931 – 1835.

Entre nesta causa!

Cidades Na Net

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Publicidade