ad16
AutoPECASonline24.pt
Geral

Justiça decreta prisão de pedreiro acusado de abusar sexualmente de menores em Oeiras

A Justiça decretou a prisão preventiva do pedreiro Francisco da Silva Moura, 55 anos, acusado de abusar sexualmente de 04 crianças, com idade de 07 a 11 anos em Oeiras.

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Após o caso vir à tona, Francisco da Silva Moura tentou suicídio e estava internado em Teresina. Como já obteve alta, uma equipe da Polícia Civil foi enviada para Teresina para trazê-lo a Oeiras. O acusado deve chegar por volta das 13h, de terça-feira, 18, e será levado para a Delegacia Regional de Oeiras, onde deverá ser ouvido e logo em seguida será encaminhado para a Penitenciaria da cidade, onde deverá ficar preso aguardando o julgamento. Ele está sendo acusado de estupro de vulnerável e a pena varia de 8 a 15 anos de reclusão.

Entenda o caso

O pedreiro identificado por Francisco da Silva Moura, 55 anos, foi acusado de estupro de quatro menores com idade entre 07 e 11 anos em Oeiras.

De acordo o delegado da Policia Civil de Oeiras, Genival Vilela, as investigações tiveram início após uma mãe registrar um boletim de ocorrência relatando que a sua filha F.G.S.V de 07 anos havia sido abusada pelo pedreiro.

Com as investigações foi constatado o abuso contra quatro vítimas na idade entre 7 e 11 anos. Três das vítimas identificadas pela polícia são irmãs.

Segundo relatos dos pais o acusado era uma pessoa de confiança da família e permitiam que ele levasse as crianças para passear. Nos passeios, ele oferecia presentes, bonecas, sorvetes, lanches. Logo depois, ele conduzia as vítimas para os locais das construções em que ele estava trabalhando. As meninas relataram que lá ele pedia para que elas tirassem as roupas e ele ficava esfregando sua genitália nas crianças.

Fonte: Mural da Vila

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade