ad16
AutoPECASonline24.pt
CidadeDestaquesGeral

Kléber Eulálio anuncia secretariado em dezembro

Kleber Eulálio
Kleber Eulálio

O prefeito eleito de Picos, Kléber Eulálio (PMDB) retomou as discussões sobre a transição política no município. Durante entrevista ao Jornal do Piauí, o deputado estadual ressalta que anunciará o secretariado apenas no mês de dezembro e destaca com pessimismo a atuação do PMDB no Estado.

“Tivemos algumas reuniões e o trabalho está fluindo. Já apresentei uma série de informações sobre o andamento dos projetos, o que está funcionando ou não e acredito que não vou ter dificuldades de checar tudo isso. Teremos uma nova reunião com a equipe de transição nesta quinta-feira (08) e em dezembro direi quem vai compor a administração”, disse.

Para os próximos anos, as áreas de saúde, limpeza pública, saneamento básico e transito serão tratadas de forma prioritária. “Estão sendo realizadas visitas com técnicos de engenharia para serem estudadas a viabilização de novos projetos”, destaca o prefeito.

Kléber Eulálio avalia a vitória eleitoral em Picos como resultado da confiança depositada pela população. Candidato da oposição, o prefeito eleito venceu as eleições com 53.53% dos votos válidos reunindo em seu grupo político 12 partidos. Ainda sobre eleições, o novo gestor falou sobre a possível relação conflituosa com o deputado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, Warton Santos que mesmo pertencendo ao PMDB declarou apoio a candidata Belê Medeiros (PSB)

“Ele não votou no candidato que é o do partido dele e eu também gostaria de entender. Na última conversa ele disse que queria o lugar de vice e isto não tinha como acontecer”, disse o prefeito eleito.

Sobre a atuação do PMDB no Estado, Kléber Eulálio avalia a situação com pessimismo e iguala a sigla ao extinto Partido da Frente Liberal. “O partido não cresce…A gente tinha 36 prefeitos e agora só temos 25. Na Câmara Municipal fizemos apenas um vereador. Ninguém hoje em dia quer se filiar mais a um partido grande e a situação é precoupante pois podemos definhar como o PFL. É necessário uma grande reforma política, acabando com a coligação proporcional”, disse.

Em relação a atuação da família Eulálio na política, o prefeito eleito conta que sua prioidade é o mandato de prefeito. “Minha prioridade é me dedicar a Picos e surgirem oportunidade ajudar o meu partido a voltar ser grande”, finaliza. Com informações do Cidade Verde

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade