ad16
AutoPECASonline24.pt
ConcursosGeralPolíciaTodas as Notícias

Laudo médico: Candidato morto em teste da PM teve lesões múltiplas

Laudo do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) revelou que o candidato morto no teste da Polícia Militar do Piauí sofreu “lesões musculares múltiplas”. O estudante Josimar Nascimento Cardoso, 27 anos, passou mal durante uma corrida quando fazia o exame para o cargo de soldado.

O HUT divulgou a seguinte nota sobre o caso:

O paciente Josimar Nascimento Cardoso, 27 anos, deu entrada no Hospital de Urgência de Teresina Prof. Zenon Rocha, dia 13 de maio às 10h16, após ter sofrido lesões musculares múltiplas por esforço físico. O quadro evoluiu para uma doença chamada Rabdomiólise levando a uma insuficiência renal aguda. O procedimento cirúrgico de fasciotomia dos membros inferiores foi realizado para descomprimir as estruturas dos membros que incharam devido as lesões musculares no esforço. Mesmo tendo sido tomada todas as medidas terapêuticas possíveis, o jovem veio a óbito pelas complicações de um grande esforço físico.

O candidato teve uma parada cardíaca quando passava por uma cirurgia depois de dar entrada no Hospital de Urgências de Teresina(HUT) um dia depois do incidente.

ambulancia_concurso_d

Ao passar mal durante a prova, Josimar foi encaminhado ao Hospital do Matadouro, pela ambulância que acompanha os testes realizados na Universidade Estadual do Piauí (Uespi), ele foi medicado e enviado para a casa.

Porém, voltou a passar mal e foi levado pelos familiares ao HUT. No hospital, os médicos constataram que ele estava com o fluxo sanguíneo bloqueado nas pernas, por conta do excesso de esforço físico que havia realizado e isso estava prejudicando a circulação do sangue para o resto do corpo.

laudojovemm222

Para tentar desobstruir, os médicos resolveram fazer uma cirurgia, realizando um corte da panturrilha até a coxa para liberar o fluxo, porém ele sofreu uma parada cardíaca e não resistiu.

musculos_dd

Intensidade dos testes será avaliada

O presidente do Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe), Jorge Martins, declarou que o órgão irá reavaliar o nível dos testes físicos aos quais os candidatos são submetidos para aprovação nos certames.

“As exigências que fazemos nos testes físicos acompanham o que acontece em outros Estados, concursos e academias. Mas, claro, vamos analisar e avaliar as atividades junto à equipe médica e junto aos educadores físicos para ver as dimensões que utilizaremos a partir de agora nesses testes”, esclareceu o presidente do Nucepe, em entrevista ao Jornal do Piauí.

Ao todo, 844 candidatos participaram dos testes físicos para o concurso da Polícia Militar. As atividades tiveram início na segunda-feira (12) e se encerram hoje (14). Nos locais de teste, o clima é de comoção entre os candidatos.

Jorge Martins confirmou que Josimar Nascimento Cardoso foi aprovado na prova teórica, mas não resistiu à prova de corrida. Ao ser socorrido, ele ainda teria conseguido informar aos médicos o que sentia.

 

Outro candidato passou mal

Outros candidatos do concurso relataram cansaço e um deles foi levado ao hospital após passar mal na manhã de hoje. Ele permanece em internado, mas passa bem.

“O problema não é a intensidade dos testes. O Josimar passou pelos exames médicos, que são na segunda etapa. Em seguida, exigimos um atestado médico que afirmava que ele estava apto ao teste físico, mas há a necessidade de acompanhamento profissional nos treinos para essa etapa e o Nucepe não pode interferir nisso. É o candidato quem tem que ter ciência de que condicionamento físico não se consegue de um dia para o outro”, finalizou o presidente do Núcleo.

ambulancia_concurso

 

Fonte: Cidade Verde
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade