ad16
GeralTodas as Notícias

Mais de 17 mil eleitores não votaram nas últimas três eleições no PI

No Piauí, um total de 17.153 eleitores deixaram de votar nas três últimas eleições e estão em débito com a Justiça Eleitoral. Os dados são do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI). O prazo para que a situação seja regularizada segue até o dia 2 de maio. O Piauí conta com um eleitorado de 2,3 milhões.

Conforme o TER-PI, o eleitor que não fez a justificativa ou pagou a multa referente à ausência no dia da votação pode ter o título cancelado. Estão excluídos do cancelamento os eleitores que não são obrigados ao voto ou com voto facultativo: analfabetos; eleitores de 16 a 18 anos incompletos e os maiores de 70 anos.

Eleitores terão até amnhão para solicitar a segunda via do titulo eleitor

O eleitor com deficiência que informou sua condição à Justiça Eleitoral não necessita comparecer ao cartório. Consulte a sua situação eleitoral aqui.

Para regularizar-se, o eleitor deverá apresentar no cartório eleitoral documento oficial com foto, comprovante de residência, título eleitoral e os comprovantes de votação, de justificativa ou de quitação de multa.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, o valor da multa a ser paga pelo eleitor será decidido pelo juiz eleitoral, e pode variar de R$ 1,05 até R$ 3,51 por turno ausente. Caso o juiz entenda que a multa máxima de R$ 3,51 não será eficaz de acordo com a situação econômica do eleitor, ele pode aumentar o valor em até 10 vezes, podendo chegar aos R$ 35,14.

O eleitor que não realizar o pagamento da multa ficará em débito com a Justiça Eleitoral e não poderá solicitar a Certidão de Quitação Eleitoral, ficando impedido de tirar passaporte ou carteira de identidade, receber o salário caso seja funcionário público, pedir empréstimo, inscrever-se em concurso público ou em instituições públicas de ensino.

G1 Piauí 

Tags

Leia Também