ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Mais de 200 veículos fazem transporte irregular de passageiros em Picos

O presidente da Cooperativa dos Condutores Autônomos de Veículos de Passageiros da microrregião de Picos (COOCAVEPI), Edimar Vieira Lima, relata que com a proibição do tráfego das vans pelas ruas do Centro da cidade, houve um grande aumento no fluxo de veículos fazendo o transporte clandestino de passageiros.

Edimar Vieira fala que houve um aumento de cerca de 280 veículos que são utilizados, de forma irregular, como transporte alternativo de passageiros ou para a condução de encomendas. Ele fala também que em média, 2 mil pessoas deixam de vir a cidade Picos por dia, pelo fato de não terem acesso ao Centro da cidade.

Avenida movimentada em Picos
Avenida movimentada em Picos

“Essas pessoas migraram para outros estados e outras cidades, então, tirou em média, pelo levantamento que a gente fez, 2 mil pessoas por dia que deixam de vim à cidade de Picos porque não têm acesso ao centro da cidade”, fala.

Edimar ainda ressalta sobre a possível aceitação da locomoção das vans no centro da cidade, já que a Secretaria de Transporte aderiu à contratação de uma empresa de engenharia de tráfego responsável em solucionar os principais problemas no fluxo do trânsito de Picos.

“A nossa esperança é que com essa empresa que tem um entendimento de como é a lei, é que o transporte de passageiros volte a circular nas principais avenidas da cidade” disse.

REGULARIZAÇÃO

Para que os condutores das vans sejam legalizados e possam trafegar de maneira correta nas ruas da cidade, é necessário que o transporte obtenha o selo anual e que sigam os principais critérios : possua um seguro de passageiros, autorização do Estado, obtenha Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria “D”, mais um curso de passageiros pelo Sest Senat, taxa de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) paga mensalmente, veículo com tacógrafo em dia e com o selo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) e ser cooperado de alguma COOCAVEPI no Piauí, UE POSSUI sede nas cidades de Picos e Teresina.

A documentação necessária para o cadastro da COOCAVEPI são duas fotos 3X4, documento do veículo, documento do motorista, curso no Sest Senat, alvará autorizado, tacógrafo em dia, comprovante de residência, entre outros, deve-se procurar um órgão responsável para melhor informações.

FONTE: Grande Picos

LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também