ad16
DestaquesMarcolândiaTodas as Notícias

Marcolândia: casal foi preso suspeito de vender produtos furtados nas redes sociais

A prisão aconteceu na cidade de Marcolândia, no dia 19 de fevereiro, pela Polícia Militar do Piauí.

Um casal foi preso suspeito de vender produtos furtados nas redes sociais. A divulgação levantou suspeita porque uma creche e uma casa foram furtadas, no início do mês de fevereiro, na Vila Serrania I, em Araripina, no estado do Pernambuco, que faz divisa com o município. As informações são do CLubeNews e da PMPI.

A prisão aconteceu na cidade de Marcolândia, no dia 19 de fevereiro, pela Polícia Militar do Piauí.

“Imediatamente, a guarnição deslocou-se até a residência dos suspeitos. Lá chegando, foi constatado a veracidade, e que os objetos se tratavam de produtos dos furtos, conforme boletins de ocorrência, registrados pelas vítimas”, informou a PM.

A Polícia Militar informou que “foi dada voz de prisão aos suspeitos”. “Em virtude do crime e da prisão ter acontecido na Vila Serrania, os mesmos foram conduzidos e apresentado juntamente com as vítimas e os produtos do crime na Delegacia de Polícia Civil de Araripina/PE para os procedimentos inerente ao caso”.

Os objetos e materiais apreendidos foram: um aparelho de televisão de Led, 40 “, marca TCL; um ventilador de coluna, marca Britânia; um Micro System portátil com DVD, marca LENOXX, com 4 caixas de som; um micro-ondas, marca ECO; uma cafeteira, marca Britânia, 30 cafézinhos; uma batedeira, marca Britânia; um multiprocessador, marca Philco; três centrifugadoras, marca Britânia; um aparelho de telefone celular, marca MI de cor azul; um aparelho de telefone celular, marca Samsung J8 da cor prata; uma máquina de lavar roupas, da marca Brastemp.

Produtos apreendidos pela Polícia Militar (Foto: PMPI)

As prisões aconteceram dentro da Operação Marcolândia Segura, deflagrada da 4ªCia/4ºBPM, sob o comando do capitão Gilson. A ação policial busca “reprimir e coibir assaltos, furtos, tráfico de drogas e homicídios no município que faz divisa com o estado de Pernambuco”.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.