ad16
DestaquesTodas as Notícias

Médica Kele Cristina Nunes deixa chefia da Secretaria de Saúde de Picos

Em nota, Kele Cristina disse que ficou difícil conciliar a carreira médica com a gestão e preferiu se afastar.

Após dois meses à frente da Secretaria Municipal de Picos, a médica Kele Cristina Nunes, anunciou na manhã desta quarta-feira (7) o afastamento da pasta. Em nota, ela agradece a oportunidade de contribuir com o Município.

Ainda na nota, Kele Cristina diz que por motivos profissionais e pessoais ficou difícil conciliar a carreira médica com a gestão e preferiu se afastar.

Médica Kele Cristina – Foto: Aparecida Mota/Cidades em Foco

Confira mensagem na íntegra:

Como todos sabem, sou médica intensivista e por um convite do Prefeito Padre Walmir, resolvi entrar neste novo mundo que é a Gestão. Minha vida é repleta de desafios e por isso resolvi aceitar mais um! Por motivos profissionais e pessoais ficou difícil conciliar a carreira médica com a gestão e como a medicina foi minha grande escolha eu preferi me afastar. Apesar do pouco tempo em que estive a frente da secretaria, acredito ter feito o que poderíamos!

Em dois meses de gestão iniciamos o retorno gradativo das atividades de consultas e exames diagnósticos que estavam parados há 5 meses e que hoje se encontram funcionando 100% da sua capacidade, sem esquecer, em nenhum momento, do combate ao Covid-19, isso foi possível graças a sensibilidade que nossa equipe teve em identificar uma enorme demanda reprimida da nossa população que estava à espera, desses serviços, por um longo período. Ao mesmo tempo retomamos os atendimentos em unidades básicas de saúde (3 unidades) que estavam paradas, uma inclusive há 180 dias, mas uma vez sem deixar de lado os cuidados necessários e as precauções que a pandemia nos exige.

Foram entregues cadeiras odontológicas para as unidades que solicitaram, para que houvesse uma melhor assistência e prestação de serviço a população.  Entregamos 31 cadeiras de rodas e 12 cadeiras de banhos para os usuários que necessitavam e já aguardavam há algum tempo.

Neste pequeno período ( 60 dias) também conseguimos fazer o pagamento de 3 parcelas dos prestadores ( Abril, Maio e junho) que estavam atrasadas. Vale ressaltar também que fizemos o pagamento dos 3 meses dos profissionais da linha de frente ao covid e de duas parcelas da RUE, referente ao HRJL.

Neste período colocamos ainda em funcionamento a unidade básica de saúde do EMAUS, pois existe uma grande demanda e não convém mantê-la fechada aguardando o término de alguns detalhes que não inviabilizam o atendimento qualificado das esquipes.

Quero aqui agradecer ao Padre Walmir, e a toda equipe da SMS, pessoas que tive o prazer de conviver por esses dois meses, que se dispuseram a nós ajudar, a fazer o trabalho acontecer. Como médica me mantenho a disposição para ajudar a população e ao fortalecimento do SUS.
Obrigada, Dra. Kele Nunes

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade