ad16
Geral

Médico mais antigo em atuação em Picos fala sobre a profissão

Oscar Eulálio
Médico Oscar Eulálio conta um pouco de sua história. Foto: Evandro Alberto

O médico mais antigo em atuação na cidade de Picos, Oscar Eulálio, lembra o trabalho desenvolvido nas últimas décadas, conta um pouco de sua história e fala com admiração dos novos representantes da profissão. Ele lembra que ao chegar a Picos em 1955 existia apenas um laboratório de análises clínicas, quando tratou de montar o seu hospital.

“Quando cheguei, montei o Hospital São Vicente de Paula, aí entrou o governador Alberto Silva e montou aqui, em Floriano e em Teresina, uma maternidade e fechou o São Vicente, e eu fiquei parado, pois não fui contratado”, falou Oscar Eulálio lembrando as dificuldades iniciais.

Ele relata que em 1956 iniciou a construção da Casa de Saúde e Maternidade Nossa Senhora dos Remédios. “Se não fosse a fé e o desejo que trazia em meu coração não tinha construído a casa de saúde e inaugurei dois anos depois no dia de Nossa Senhora dos Remédios”, contou saudosista o médico.

Para Oscar Eulálio o mais gratificante da profissão é trabalhar e ver a recuperação das pessoas enfermas das quais prestam os cuidados. “O povo de Picos reconhece, principalmente o mais pobre da zona rural, a quem eu agradeço tudo”, ressaltou. Ele lembra que quando chegou a Picos havia poucos médicos, diferentemente da atual realidade vivida pela cidade considerada um polo na área da saúde.

Oscar Eulálio lembra ainda a dificuldade para conseguir se formar médico, deixando a cidade de Picos e se deslocando a Teresina a cavalo. De Teresina, seguiu viagem para Fortaleza, em um caminhão, e após terminar o antigo Científico, atualmente denominado Ensino Médio, se deslocou para Salvador, capital da Bahia, onde prestou vestibular e se graduou em medicina. O médico fala com admiração das facilidades para se formar atualmente, com mais faculdades oferecendo o curso de medicina.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade