ad16
GeralTodas as Notícias

Mesmo após concessão do estado, terminal rodoviário de Picos está em estado precário

A rodoviária da cidade de Picos, interior do Piauí, recebe todos dias em media trezentas e vinte pessoas, que estão prontas para embarcar para o seu destino final. Mas quando chegado esse período do ano (Dezembro, Janeiro e Fevereiro) o número tem um aumento de cinquenta por cento (50%).

Hoje o Terminal Rodoviário Zuza Baldoíno é uma concessão do Estado, administrado através da empresa Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico (SINART). Atualmente a SINART  é responsável por três  rodoviárias no estado do Piauí  (Teresina, Floriano e Picos) e mais de quarenta rodoviárias em todo o Brasil.

Imagem do estacionamento ainda em 2013. Problema persiste até hoje.
Imagem do estacionamento ainda em 2013. Problema persiste até hoje.

Visivelmente o terminal rodoviário de Picos estar em estado de precariedade há bastante tempo, o que leva a população, visitantes e passageiros à indignação. A cidade que é considerada o maior entrocamento rodoviários do nordeste e rota para tantos outros estados, como Ceará, Bahia, São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro, Recife, Maranhão, Paraná e muitos outros, não tem um terminal que atenda a sua demanda. A cidade sofre assim com essa calamitosa situação.

Transtornos no Terminal Rodoviário de Picos - Foto: Grande Picos
Transtornos no Terminal Rodoviário de Picos – Foto: Grande Picos

Embarque e desembarque

Em entrevista ao Portal RiachãoNet, o Coordenador Interino da SINART, Jailson Izidório, nos falou de algumas dificuldades enfrentadas na infraestrutura do terminal, como é o caso do calçamento do posto de embarque e desembarque, que ainda é feito de barro e é um dos pontos que mais são criticados, por gerar a conhecida poeira avermelhada e que nessa época do ano vira lama. Com parte das obras ainda estão em andamento, ele explicou que se faz necessário que seja finalizada uma pequena parte do calçamento para que os trabalhadores se direcionem para a outra. “As reformas vão acontecendo aos poucos”. 

Banheiros

Ainda nos foi informado sobre um outro problema, que são os banheiros. Eles já foram reformados e estão prontos para serem utilizados, mas sem data de liberação dos mesmos. 

Fachada do Terminal Rodoviário de Picos
Fachada do Terminal Rodoviário de Picos

Prazo das reformas

De acordo com o coordenador, as reformas em andamento estarão finalizadas até o final de 2018. Nesse ritmo, uma data bem demorada para que já sofre com o descaso há anos.

Segurança

Ainda durante a entrevista, foi informado que existe projetos de segurança, como a implantação de câmeras em todo terminal e guardas armados, para gerar maior segurança a todos os passageiros. A implementação desse projeto também não tem data definida para ser implementado.

O que dizem os usuários

Conversamos também com a universitária Izabel Lima, que frequentemente viaja para sua cidade natal e necessita passar pela rodoviária de Picos. “Vejo muitos problemas, como o fator do guarda volumes, a higiene e também a infraestrutura da rodoviária, que é precária, com sinceridade, isso é um descaso com uma população”. disse a estudante de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Piauí.

Texto: Maria Aparecida de Castro – Estagiária 
Sob supervisão de Roger Bezerra
Foto da obra: Grande Picos

LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também