ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Militar de Picos preso suspeito de extorsão pode ser expulso da polícia

[ad#336×280]O policial militar preso no domingo (24) em flagrante suspeito de extorquir caminhoneiros na cidade de Picos pode ser expulso da corporação. Segundo o corregedor da Polícia Militar, Ricardo Lima, uma sindicância será aberta para investigar o caso e se o crime for comprovado ele deverá deixar a instituição.

“Eles faziam uma operação volante quando o suposto crime de extorsão teria acontecido. Segundo o que relatou os policiais rodoviários federais que realizaram a prisão, a suposta extorsão aconteceu na rodovia estadual que liga a cidade de Sussuapara à Picos. Segundo as vítimas, os agentes fazendários exigiram o pagamento de R$ 2 mil para não expedirem multas fazendárias e o militar acompanhava os servidores, por isso foi preso em flagrante”, comentou o corregedor.

Policial pode deixar a instituição - Foto: Reprodução
Policial pode deixar a instituição – Foto: Reprodução

Ainda segundo Ricardo Lima, o policial que não teve o nome revelado, foi encaminhado para a Central de Flagrante e depois foi levado para o quartel da polícia militar onde aguarda o procedimento da cooperação.

Três agentes fazendários da Secretária Estadual de Fazenda do Piauí e um policial militar foram presos nesse domingo (24) em Picos, na região Sul do Piauí pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) após denúncia de extorsão. Segundo a PRF, caminhoneiros relataram que estavam sendo extorquidos pelos servidores.

“As vítimas relatam ainda que pagaram R$ 1,5 mil em espécie e R$ 500 em cheque que teria sido recebidos como troco após abastecimento no Posto Gaturiano, em Dom Expedito Lopes. Diante dos fatos, a PRF fez diligências e localizou com os acusados. Com eles foram encontrados, o cheque de R$ 500, R$ 4,8 mil e um revólver com cinco munições”, contou o inspetor.

Ainda de acordo com o policial, um único agente estava com R$ 3,6 mil. Os servidores foram encaminhados para a Delegacia de Polícia em Picos para prestar esclarecimentos.

A Secretaria Estadual de Fazenda enviou uma nota informando que será instauradoum processo Administrativo Disciplinar para que todos os fatos sejam devidamente apurados.

Fonte: G1

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade