ad16
GeralTodas as Notícias

Ministério da Saúde divulga regras para vacinação de crianças; Veja!

A vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra Covid-19 começará por faixa etária decrescente e com prioridade para quem possui comorbidade ou deficiências permanentes.

A vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra Covid-19 começará este mês, por faixa etária decrescente e com prioridade para quem possui comorbidade ou deficiências permanentes.A informação foi anunciada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na tarde desta quarta-feira (5), durante entrevista coletiva.

A pasta informou que o Brasil deve receber 3,7 milhões de doses de vacina pediátrica da Pfizer contra Covid-19 até fim de janeiro, que serão aplicadas nesse público-alvo, por ser a única permitida para a faixa etária. A estimativa do Ministério da Saúde é de que 20 milhões de crianças recebam a imunização.

Prescrição médica

Em comunicado, o Ministério informou que a imunização poderá ocorrer sem prescrição médica por escrito se os responsáveis estiverem presentes no ato. Contudo, a recomendação da pasta é que pais ou responsáveis consultem o médico para verificar se não há contraindicação.

Vacinação de crianças de 5 a 11 anos inicia neste mês | FOTO: EPA/Ansa BrasilVacinação de crianças de 5 a 11 anos inicia neste mês | FOTO: EPA/Ansa Brasil

O ministério desistiu de exigir a prescrição médica, em um recuo em relação ao que autoridades do governo vinham indicando nos últimos dias. O presidente Jair Bolsonaro chegou a se manifestar publicamente contrário à vacinação das crianças.

Casos de síndrome respiratória aguda grave por Covid-19 em crianças representam 0,34% do total no Brasil

Segundo o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, os casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) por Covid-19 na faixa etária de 5 a 11 anos representam 0,34% do total registrado no Brasil de março de 2020 a dezembro de 2021. As informações foram apresentadas durante audiência pública sobre a vacinação de crianças contra a Covid-19 no país, promovida pelo Ministério da Saúde.

Durante a apresentação, Medeiros mostrou que foram 6.324 casos de SRAG na faixa etária de 5 a 11 anos. Ao todo, 1,8 milhão de casos de síndrome respiratória aguda grave foram registrados no país no período. Em relação aos óbitos, o percentual é de 0,05% do total registrado, o que representa 311 óbitos em crianças. Ele destacou que a faixa etária acima de 90 anos é a que mais apresenta casos e mortes de SRAG por Covid-19 no período.

Meio Norte

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade