ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Missa marca início dos festejos do Sagrado Coração de Jesus

Durante todo o mês de junho serão celebradas missas, às 19h00, na igrejinha do Sagrado Coração de Jesus.

Na noite desta terça-feira, 1º de junho, teve início o festejo em celebração ao Sagrado Coração de Jesus. Atendendo a todos os protocolos de vigilância e saúde sanitária, no que tange a contenção da disseminação do vírus da Covid-19, os fieis festejaram com emoção a abertura do mês, que ano passado não pôde ser comemorado, a não ser pelas mídias sociais.

De acordo com Guilherme Sousa, membro do Apostolado da Oração e um dos organizadores, foi preparada uma mega operação para acomodar a todos os fieis, e também atender às recomendações de saúde sanitária. Cerca de 300 pessoas podem participar a cada noite do novenário.

“O Bispo segue com rigor as recomendações da Vigilância Sanitária e dos governos. Segundo decreto estadual, poderemos ter apenas uma celebração por igreja, e optamos pelo horário das 19h00. A vigilância veio para ver a capacidade e, dentro da igreja, temos apenas 52 pessoas. Mas organizamos o espaço para receber até 300 fieis, pois espalhamos cadeiras em todo o entorno da igreja, com cerca de 2 metros de distância uma da outra. Temos uma equipe do EJC controlando o fluxo de pessoas para que tudo transcorra tranquilamente”, detalhou.

Outras medidas sanitárias, tais como cancelamento do bebedouro e venda de alimentos no exterior da igreja, obrigatoriedade do uso de máscaras, disponibilização de álcool em gel, foram tomadas para evitar aglomeração.
“O exterior se tornou uma extensão da igreja e, por conta disso, pusemos um telão e caixas de som para que as pessoas possam acompanhar do lado de fora a missa. Também modificamos a forma de comunhão e coleta, com a ida de um ministro ao encontro de cada fiel”, disse.

O festejo do Sagrado Coração de Jesus, anualmente, mobiliza não apenas fieis idosos, mas todas as gerações, desde bebês até a tenra idade estão presentes nas missas. Este ano, com a volta dos novenários, não está sendo diferente.

“Ano passado não pudemos ter o que estamos tendo este ano. Como faço parte da organização, ainda pude vir, pois eram três pessoas por celebração. Já este ano podemos ver jovens, crianças, idosos, pessoas de todas as idades neste primeiro dia e sei que assim será durante os próximos 30 dias do mês. Na alvorada festiva, pudemos ver dezenas de pessoas emocionadas por verem as portas da igreja abertas, por poderem celebrar, mesmo diante de tantas dificuldades, além de lembrar de tantas pessoas que sempre estavam conosco e hoje já não estão”, falou.

Maria Rita Albuquerque, 20 anos, catequista no bairro Catavento, disse que acompanha o festejo do Sagrado Coração de Jesus desde criança e que, nos dias atuais, a celebração se faz ainda mais importante, visto o momento de pandemia que o mundo enfrenta.

Maria Rita e seu esposo Jairo Barros

“Sempre acompanhei, desde pequena, o mês do Sagrado Coração de Jesus. Minha família é toda católica, então participar do festejo é tradição em nossa família. Com a pandemia, essa celebração se torna mais importante ainda, pois não existe equilíbrio total se não estamos cultivando o espiritual. Em um momento em que a humanidade precisa tanto da misericórdia de Deus, é preciso clamarmos diante dessa situação. Cremos que isso é temporário e em breve tudo voltará a ser como antes”, declarou.

Dom Plínio marcou a abertura do Festejo com uma palavra de fé em meio às dores que o mundo tem vivido. Ele enfatizou que, durante o mês inteiro, os párocos estarão motivando os fieis a buscarem espiritualidade.

“O povo tem o sinal de Deus e isto faz com que estes sinais se encontrem e assim celebrem o contentamento. Este é um momento em que elas se sentem bem. Se estão buscando a Deus, a alegria vem em primeiro lugar. Aproveitaremos esses 30 dias para transmitirmos uma palavra, a cada noite, de espiritualidade e motivação para que possam vivenciar uma vida cristã constantemente”, disse.

Dom Plínio

Ele ressaltou a preocupação quanto ao momento de pandemia e quantidade de fieis nas missas, mas destacou que todas as medidas de contenção ao vírus foram tomadas a fim de que a programação transcorra em paz.

“É nosso desejo que o povo de Deus tenha proximidade a uma espiritualidade que os conforte no coração e no espirito. Essa é uma festa religiosa, então tem, neste sentido, o objetivo de elevar as pessoas em direção a Deus. Por conta da crise sanitária que estamos vivenciando, há uma preocupação grandiosa com a questão da aglomeração, mas o povo está sedento por espiritualidade. Contudo, temos cuidado para que tudo saia em conformidade com as medidas de prevenção ao vírus”, destacou.

Os novenários estão sendo transmitidos através do Canal da Igrejinha do Sagrado Coração de Jesus, no Youtube, e pelas rádios Cultura FM e Betânia FM. Os interessados em assistirem presencialmente não necessitarão de agendamento.

As visitas da imagem do Sagrado Coração de Jesus permanecem, de forma diária, nas famílias que agendaram previamente. Este ano, ela está revestida de acrílico para facilitar a higienização antes de sair da igreja e quando volta.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade