ad16
DestaquesGeral

Moradores da Cipaúba ficam sem água após furto de bomba

Os problemas com a falta de água, voltam a atingir a população picoense. Desta vez, as vítimas são os moradores da localidade Cipaúba, distante 7 quilômetros, do centro urbano de Picos. A situação foi ocasionada após a bomba do poço artesiano da comunidade Lagoa Grande, que abastece a região ter sido furtada.

Moradores tem feito constantes reclamações, denunciando que a falta de água já atingiu o período de cinco dias, o que tem prejudicado a rotina da população na realização das atividades que necessitam do recurso.

O secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, José Antônio Batista, esclareceu as causas do problema enfatizando as ações já tomadas para solucionar o problema.

José Antônio , secretário de Agricultura e Abastecimento - Foto: Jésika Mayara
José Antônio , secretário de Agricultura e Abastecimento – Foto: Jésika Mayara

“Já fomos procurados pelos vereadores que representam a região, assim como pela diretora da Escola Municipal São Gabriel, que nos oficiou contando a situação de falta d’água na localidade. Ao tomar conhecimento visitei a comunidade e constatei através de depoimentos o fato. Dessa forma, determinei que o técnico que opera diretamente com os poços fizesse uma avaliação. No poço que abastecia a Cipaúba, localizado na comunidade Lagoa Grande, tínhamos uma bomba de recalque, que foi roubada”, explicou o secretário.

José Antônio Batista acrescentou que está sendo estudada a possibilidade de instalar uma bomba na localidade Cipaúba, em um local mais apropriado.  Para ele, a correção do problema deve ser feita em uma semana.

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também