DestaquesPolícia

Motorista que causou 10 mortes na BR 316 é libertado

[ad#336×280]Indiciado pela morte de 10 pessoas, o motorista José Severino de Oliveira Gonçalves foi libertado nesta quarta-feira, dia 10. Ele estava preso há 25 dias na Delegacia de Polícia Civil de Demerval Lobão, a 30 quilômetros de Teresina.

A juíza Andrea Parente Lobão Veras acatou o pedido de relaxamento da prisão – formulado pela defesa do acusado. O advogado Luciano Ripardo sustentou a tese de que a permanência de Severino na cadeia era ilegal, pois ele responde por homicídio culposo (quando não há intenção de matar).

Van ficou destruída no acidente
Van ficou destruída no acidente

O Ministério Público do Piauí denunciou o motorista José Severino pelo homicídio culposo de 10 pessoas e lesão culposa de outras 11. Todas as vítimas estavam na van envolvida em um acidente com o caminhão conduzido pelo acusado. A tragédia aconteceu no dia 05 de janeiro no Km 75 da BR 316, região da localidade Baixa Grande, município de Monsenhor Gil (PI).

Segundo a PRF, ao contornar uma curva fechada, um dos reboques do caminhão tombou na pista, invadindo a mão contrária e colidindo com a van. O condutor da van – que dirigia havia 19 horas, sem parada para descanso – morreu na hora. O veículo coletivo estava irregular, com excesso de passageiros.

Além de ser responsabilizado pelas mortes, José Severino foi denunciado ainda por ter trocado o disco do tacógrafo. O dispositivo que mostrava a velocidade exata do veículo no momento do acidente foi retirado e substituído por outro, infração tipificada no art. 321 do Código de Trânsito Brasileiro: “inovar artificiosamente o estado de lugar para influir em inquérito policial”.

A primeira audiência de instrução e julgamento do caso está marcada para o dia 06 de fevereiro deste ano. Severino, que é natural da Bahia, responderá ao processo em liberdade. Com informações do PortalODia

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também