ad16
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Mulher é presa em flagrante após comprar celular roubado na feira do Troca-troca

Aparelho de celular foi tomado de assalto. Ele equivale a R$ 1.700,00 e foi comprado por R$ 150,00.

Nesta segunda-feira (19), a Policia Civil de Picos indiciou duas mulheres e prendeu em flagrante uma delas por receptação, após ambas efetuarem a compra de um aparelho celular pelo valor de R$ 150,00, sendo que seu preço original equivale a R$ 1.700,00.

De acordo com informações repassadas pelo Delegado Regional de Picos, Rodrigo Morais, a compra aconteceu na feira do Troca-troca e uma das indiciadas alegou estar apenas acompanhando a parceira.

“Elas foram à feira do Troca-troca e lá compraram o aparelho de R$ 1.700,00 por R$ 150,00. Uma foi presa em flagrante, levada à delegacia, pagou fiança e foi embora. A outra foi apenas indiciada, pois em seu interrogatório disse que estava apenas acompanhando a comparsa”, disse.

O delegado informou ainda que o referido aparelho, comprado por uma das mulheres, foi fruto de um assalto a mão armada em Picos.

“O celular foi tomado de assalto a mão armada aqui mesmo na cidade, foi deixado nessa feira e elas foram lá e compraram o aparelho que pertencia a alguém que foi vítima de um roubo. Comprar um aparelho celular – ou qualquer outro objeto – sem nota fiscal, a alguém que você sequer conhece? É preciso atenção para isso! Não compre celular sem exigir nota fiscal ou por preço bem inferior aos praticados nas lojas. Muito provavelmente esse aparelho pertenceu a uma vítima de roubo à mão armada ou furto”, alertou.

Ele destacou que só existe o crime de roubo porque sempre há quem compre o produto roubado e isso tem feito com que os referidos delitos se perpetuem dia após dia.

“Só tem o ladrão porque tem o comprador, eis a grande verdade. Esta é a roda das coisas. Infelizmente, as pessoas que se dizem de bem fazem estas coisas. Elas estão fomentando os crimes que acontecem em todo o país”, destacou.

A pena de receptação vai de 1 a 4 anos de reclusão e multa, segundo rege o Art. 180 do Código Penal Brasileiro. O aparelho já foi restituído a seu proprietário.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade