ad16
CidadePolícia

Município de Picos recebe Curso Nacional do Promotor da Polícia Comunitária

Polícia Comunitária é uma filosofia de trabalho em que a comunidade é envolvida e a responsabilidade das seguranças é compartilhada.

Curso Polícia Comunitária
Capitã Regina - Foto: Tatiane Luz

Os policiais militares não permitiam que a comunidade participasse dos problemas, mas não há como saber quais são os problemas da comunidade sem manter contato com os membros da mesma. E, a Polícia Comunitária trabalha questões comunitárias com a sociedade. O Curso Nacional do Promotor da Polícia Comunitária é um projeto do Governo Federal em parceria com a Prefeitura de Picos, a Polícia Militar e outras organizações.

O curso teve início nesta terça- feira (16) e se estenderá até o sábado (20), pela manhã e à tarde, no auditório da Casa Brasil, em Picos. O curso é uma capacitação que conta com seis palestrantes e 32 participantes, entre policiais militares e pessoas da comunidade como vigilantes comunitários, o Conselho Tutelar, associações de moradores e agentes de trânsito.

“Nós devemos fazer a proximidade entre polícia e comunidade. Esse curso é para ensinar como a polícia e as comunidades podem lidar com conflitos de forma que sociedade e polícia possam trabalhar integrados”, afirmou a Capitã Regina, da Polícia Militar. O foco do curso é difundir a filosofia de polícia comunitária que tem como intuito o trabalho da sociedade e da polícia de forma racional.

Para Jefferson do Nascimento, o curso está sendo realizado em prol de melhorias e diminuição das infrações em meio à comunidade. O tema da palestra desta quarta- feira (17) foi “Polícia comunitária e sociedade”. De acordo com o palestrante desta temática, Baltazar Nogueira, “as comunidades são carentes por mudanças, por melhorias. O problema não é só do policial, mas de toda comunidade, essa forma de pensar deve ser amadurecida”, declarou.

Curso Polícia Comunitária
Curso Polícia Comunitária - Foto: Tatiane Luz

O ideal é que logo depois do curso se crie um Conselho de Segurança atuante caso não tenha na cidade, e é a sociedade quem deve cobrar das autoridades os seus direitos e dessa forma, cooperar com a Polícia para prestar um serviço melhor para nossa sociedade, afirmou o palestrante Baltazar.

Curso Polícia Comunitária - Baltazar Nogueira
Baltazar Nogueira - Foto: Tatiane Luz
[ad#ad-3][ad#ad-3]
Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade