ad16
EducaçãoGeralPolícia

Nota de esclarecimento sobre manifestação pela Segurança Pública em Picos

[ad#336×280]Os alunos da Uespi e Ufpi vêm por meio desta esclarecer aos cidadãos picoenses que a manifestação que realizar-se-á amanhã, às 16:00h, no bairro Bomba, saindo em frente à Color Systems, foi arquitetada pela professora Edna Moura, entretanto, conta com o apoio dos mesmos tanto na mobilização quanto na organização do evento.

De início, a manifestação tinha por vertente apenas o combate ao crime na cidade de Picos, visto a alta taxa de criminalidade e homicídios existentes na mesma nos últimos meses.

Com o desenrolar das manifestações em todo o país, buscando a diminuição na taxa das tarifas de ônibus e, logo em seguida, com a expressão dos brasileiros em sua insatisfação com a educação, saúde, política no Brasil e vários outros temas, alguns alunos das universidades públicas da cidade de Picos reuniram-se e começaram a arquitetar uma manifestação na mesma. Vale ressaltar que é uma cidade que vem sendo destruída com o descaso dos governos.

A cidade possui a terceira maior arrecadação de impostos do estado. E para onde estão indo esses impostos, visto que a saúde pública, segurança, educação de qualidade e lazer não existem?

É por isso que decidiram sair do conformismo e aproveitar o movimento em todo o país para lutar e buscar soluções para os problemas existentes em seu espaço local.

Foi então decidido, e de comum acordo com a professora Edna, a junção dos dois movimentos.

É como no ditado popular que diz que “a união faz a força”. Não há necessidade para se lutar por um bem comum separadamente. Juntos há como o grito ser mais forte, há como acordar a cidade com o som que salta pelas veias de cada manifestante, há como calar o poder público e mostrar que o poder, o verdadeiro, pertence ao povo e não àqueles que lá estão sentados numa plenária qualquer.

O povo vai à rua buscar aquilo que foi prometido. O povo vai à rua lutar pelo que lhe é de direito. Afinal, foi o povo quem colocou a cada político em suas cadeiras parlamentares.

Está se iniciando um verdadeiro momento de democracia. Não deixe que fique só por aqui. Lute até o fim. Não se esqueça disso em nenhum momento, principalmente quando você estiver frente às urnas. Não deixe que seu egoísmo fale mais alto e lembre-se daqueles que estão nos corredores de um hospital; daqueles que estão sendo espancados injustamente pela polícia por serem pessoas pertencentes à periferia e de cor negra; lembre-se daqueles que são assassinados e não têm seus casos resolvidos perante a justiça; daqueles que estão no poder lhe roubando, são desmascarados, julgados e respondem em liberdade. Lembre-se daqueles que não têm acesso à educação porque esta é limitada; lembre-se dos professores – formadores de todos os profissionais – que ganham uma micharia, enquanto os políticos, que não fazem nada, estão ganhando seus milhões.

É esse o país que você quer pra você? É esse o país que você quer para seus filhos?

Aí você pensa: “Ah, meus filhos já estão formados. Um é médico, o outro advogado, o outro juiz…”

E seus netos? Esqueceu-se deles? O que lhe garante que nenhum deles vai ser professor? O que lhe garante que eles terão saúde de qualidade garantida pelos órgãos privados a vida toda?

Não se engane. O futuro é impreciso. É por isso que é necessário que você o forme. Que você o construa.

Vamos juntos construir o nosso país??

#AcordaBrasil #VemPraRuaVocêTambém!!! #PicosTemQueAcordar

Por Jaqueline Figueredo

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade